Batalhão Ambiental faz grande apreensão de pescado e carne de caça no São Raimundo

O Batalhão da Polícia Ambiental intensificou a fiscalização e apreendeu ontem, no Porto de São Raimundo, uma grande quantidade de pescado ilegal e animais silvestres que seriam comercialziados nos mercados e feiras de Manaus.

Entre o pescado apreendido estavam 1,173 toneladas de pirarucu, 446 quilos de piratinga e tambaqui. A equipe do Batalhão encontrou ainda carnes de pacas, veados, porcos do mato, duas aves que somavam 110 quilos

Segundo informou o sargento Lourimar, uma denúncia anônima movimentou o deslocamento dos homens do Batalhão Ambiental até o porto de São Raimundo onde o material foi apreendido.

O sargento informou ainda que apenas uma pessoa se apresentou como dono do pescado. “Existem outros envolvidos, na hora da situação todos conseguem escapar.”, explicou o sargento.

O dono da embarcação, José Alberto Alves Galdino, foi encaminhado para a Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema) e todo o material aprendido será entregue para instituições de caridade.

(Amazonianarede – Redação)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.