Balbina foi atingida por temporal e Manaus sofreu blecaute

11-12redePresidente Figueiredo – Um forte temporal com chuva atingiu o município de presidente Figueiredo e afetou em cheio a linha de transmissão da hidrelétrica de Balbina, provocando um blecaute no fornecimento de energia em Figueiredo e em vários pontos de Manaus, atingindo quase 200 mil consumidores, que sofreram várias horas com a falta de energia elétrica.

A chuva caiu em Manaus no começo da manhã desta quinta-feira (11) deixou diversas zonas da cidade sem energia elétrica. O ‘apagão’ afetou o funcionamento de semáforos nas principais ruas da cidade, como Avenidas Djalma Batista, Tefé, Pedro Teixeira e Constantino Nery.

De acordo com a Amazonas Energia, a queda de um raio na linha de transmissão da Usina Hidrelétrica de Balbina (UHE), a 180 km de Manaus, causou o blecaute que atinge toda a cidade. Ainda segundo a empresa, devido as altas descargas, o sistema se auto desligou para não causar nenhum dano.

O gerente de operações da Amazonas Energia, Eduardo Vieralves, explicou que cinco produtores independente de energia tiveram dificuldades para iniciar o sistema de emergência. Em Balbina, um problema em um difusor está levando a demora no restabelecimento da energia.

A interrupção em Manaus afeta bairros como Aleixo, na Zona Sul da cidade, Dom Pedro e Alvorada, Zona Centro-Oeste, além da Chapada, Zona Centro-Sul. Os bairros Cidade Nova, Parque das Laranjeiras, Zona Norte, também estão sem energia.

O município de Iranduba, a 22 km da capital, também teve está sem fornecimento de energia.

A Amazonas Energia informou que técnicos estão nas ruas para fazer o levantamento das áreas afetadas e para apurar a causa do problema.

A UHE Balbina tem capacidade de geração de 250 MW. Cada uma das cinco unidades geradoras de energia é responsável pela produção de 50MW de potência. A UHE atende as cidades de Manaus e Presidente Figueiredo (a 107 Km da capital).

Amazonianarede – Eletrobras – Amazonas Energia

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.