Bairro Tarumã recebe serviços de infraestrutura e asfaltamento

Amazonianarede – Semcom

Manaus – A Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminfh), intensifica os trabalhos de tapa-buracos no bairro Tarumã, Zona Oeste de Manaus. A Divisão Distrital da Compensa, responsável pela manutenção e serviços na área, asfaltou a estrada do Cetur no último fim de semana. O local, que era alvo de críticas de moradores e motoristas devido à grande quantidade de buracos, recebe atualmente a ação emergencial de tapa-buracos e limpeza de caixa, meio-fio e sarjeta.

Além da estrada do Cetur, outras vias do bairro Tarumã foram recuperadas, como a estrada do Turismo e o Cemitério Nossa Senhora Aparecida. O engenheiro responsável pela Divisão Distrital da Compensa, Artagnan Portela, ressalta que outras localidades também serão beneficiadas.

“Estamos intensificando as atividades nos bairros Tarumã, Compensa, Santo Agostinho, Vila da Prata, Santo Antônio, São Raimundo, Glória, São Jorge, Vila Marinho e Ponta Negra. As atividades começam sem hora para acabar”, destaca.

Obra sem drenagem

Um dos problemas identificados pela Seminfh foi o despejo das águas pluviais por parte de uma empresa responsável pela construção de um condomínio residencial. O líquido é jogado diretamente na rua lateral do empreendimento, a estrada do Cetur. O volume de água abriu grandes buracos na via, que dá acesso a vários bairros residenciais.

Para resolver a questão, a Seminfh acionou o Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), que tomará as providências cabíveis. O proprietário da construtora, por sua vez, entrou em contato com a Seminfh, para que um sistema de drenagem profunda seja construído no local, com o objetivo de canalizar as águas e não comprometer o asfaltamento da via.

O subsecretário municipal de Serviços Básicos, Alessandro Cohen, afirmou que as construtoras que não possuem serviço de drenagem aprovado pela secretaria devem se regularizar o mais rápido possível para evitar problemas futuros, como o embargo da obra. “Vamos realizar uma parceria com o Implurb para agir diretamente nessa questão”, ressaltou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.