Avião se parte ao meio e deixa três pessoas feridas no Uiramutã, Roraima

(Foto: Reprodução)

Boa Vista, RR – Um avião de pequeno porte, com três pessoas a bordo, partiu-se ao meio em um acidente no momento em que tentava pousar na pista da comunidade Manalai, habitada por índios Ingaricó, no Município de Uiramutã, norte do Estado, na tarde desta quarta-feira.

A pista fica localizada na curva do rio que banha a comunidade. O acidente aconteceu por volta das 14h30 devido aos fortes ventos na região. Quando o piloto percebeu que poderia passar direto e cair no rio, fez uma manobra brusca (“cavalo de pau”), fazendo com que a traseira da aeronave fosse lançada para fora da pista e se partisse.

No avião, fretado, estavam o piloto, um integrante da comissão do seletivo indígena e mais uma mulher indígena, grávida de 7 meses, que seria levada da sede do Uiramutã para a comunidade. Todos ficaram feridos, porém, nenhum em estado grave.

Uma das vítimas, o coordenador do Conselho dos Povos Indígenas Ingaricó (Coping), Dilson Domente Ingaricó, que atua na logística do processo seletivo para professores do Estado, contou para a Folha, ontem à noite, que estava levando os contratos dos docentes para serem assinados, pois a comunidade fica distante três horas da sede do município.

Comunidade presenciou acidente que ocorreu por volta das 14h30 de ontem

“Foi um choque! Estava levando os contratos para serem assinados e aproveitei para levar também merenda escolar para a comunidade. Mas, durante o pouso, a ventania estava forte e, quando o piloto aproximou a aeronave da pista, viu que não conseguiria parar o avião a tempo. Então, deu um ‘cavalo de pau’ e a traseira do avião caiu em um buraco, partindo-se”, explicou. A cauda da aeronave ficou bastante destruída por causa do impacto com o solo.

Ele contou que, apesar de não haver ferimentos graves, a passageira grávida, que estava no avião, ficou em observação no posto médico da comunidade e só será levada hoje para um hospital na sede do município de Uiramutã. “Foi um susto muito grande! Todos na comunidade, quando viram a situação, começaram a chorar. Tanto crianças como adultos. Mas estamos todos vivos, só sentindo muitas dores”, explicou.

Os passageiros foram trazidos para Boa Vista por outra aeronave e as reais causas do acidente ainda devem ser apuradas. A empresa proibiu aos passageiros de divulgarem fotos do acidente.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.