Assembleia celebra 43 anos da Prodam com Sessão Especial

(Foto: Elisa Garcia Maia – Aleam)

Os 43 anos da Processamento de Dados Amazonas (Prodam) foram comemorados, nesta terça-feira (12), no plenário da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), com uma Sessão Especial de autoria do deputado estadual Marco Antônio Chico Preto (PMN).

Os serviços prestados pelo órgão motivou a homenagem que contou com a participação de servidores e autoridades do governo. A sessão foi dirigida pelo deputado estadual Belarmino Lins (PMDB).

Além de elaborar a folha de pagamento e acompanhar a parte orçamentária do Estado do Amazonas, a Prodam é responsável pela criação de vários programas de governo como o Ronda no Bairro e o Diário Digital, espécie de agenda eletrônica, na qual os professores podem armazenar informações relativas à frequência, conteúdo ministrado, lançamento de notas e agendamento de provas dos alunos.

Chico Preto atesta que a Prodam é um órgão de gestão pública do Estado com um papel fundamental, principalmente em época de tecnologia, de acessibilidade e inclusão digital. “Há 40 anos, quando o órgão tinha apenas três anos, seu papel não era compreendido, porque falar de computador repudiava muitas pessoas, porque o mundo terminava numa máquina de escrever”, disse, ressaltando que passados 40 anos o órgão tem um papel fundamental e estratégico para que o Estado se torne célere, rápido nas suas respostas, na organização dos seus dados para produzir informações.

Chico Preto disse que um Estado que não organiza, não administra bem seus dados, não consegue produzir informações, fundamental para que os gestores públicos – o governador, os secretários, diretores e gerentes de unidades – possam tomar rumos e decisões que precisam ser feitas hoje e que vão refletir daqui há cinco ou dez anos. “Além do gerenciamento de dados, produção de informações, gestão de políticas públicas e folha de pagamento, a Prodam está gerindo programas que possibilitam ao governo a execução de políticas públicas que estão alcançando a vida dos amazonenses”, frisou.

O diretor presidente da Prodam, Tiago Paiva, disse que a homenagem veio em boa hora, quando o órgão, que possui diversas gerações de técnicos, que vão de três anos de serviço há 30 anos, com uma visão bem moderna de governo, estão todos especializados. “É um reconhecimento que consolida a importância do órgão, que tem procurado se modernizar e avançar. “Os demais órgãos se integram a Prodam, permitindo ao governo se comunicar e ter acesso a vários tipos de comunicação”, mencionou.

São quase 500 profissionais entre efetivos, terceirizados e estagiários que atuam na Prodam, que mensalmente produz 150 mil contracheques de todo o funcionalismo dos Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário. Paiva informou que até fevereiro de 2014 a Prodam tem a missão de implantar a fibra óptica do gasoduto Coari-Manaus, assim como implantar o Diário Digital da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), em todas as escolas da rede pública, que vão ter internet e Wi-fi, a fim de que os alunos tenham acesso aos serviços. O programa foi lançado em 30 escolas; a meta do governo é chegar às 240 escolas no início do ano letivo de 2014.

Homenagem

Além da placa entregue a Tiago Paiva, por Chico Preto e pelo representante do governador, o secretário de Planejamento Airton Claudino, na ocasião foi feita entrega de Diplomas de Honra ao Mérito a vários servidores da Prodam. Também participaram há homenagem o coordenador do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim), Frank Lima, a representante da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam), Aline Oliveira, o representante da Secretaria de Ciência e Tecnologia, Eduardo Costa e a representante da Secretaria de Educação Magali Regis. Na ocasião, o deputado estadual José Ricardo (PT) também se pronunciou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.