Arthur garante funcionamento do Terminal Pesqueiro

Amazonianarede – Semcom

Manaus – O prefeito Arthur Virgílio Neto anunciou que o Terminal Pesqueiro de Manaus, concluído há mais de dois anos mas que nunca entrou em atividade, irá funcionar na gestão dele. O anúncio foi feito durante visita ao local, na manhã desta terça-feira, 08, acompanhado pelo secretário Municipal de Empreendedorismo e Abastecimento, Jefferson Praia.

A obra, que custou R$ 20 milhões, chegou a ser embargada pela Justiça por falta de definição sobre a posse do terreno. Na administração anterior, o terminal seria repassado para o Ministério da Pesca e Aquicultura, mas o processo ainda não foi concluído por causa desse impasse.

“Eu conversei com o ministro da Pesca, Marcelo Crivella, e ele se colocou à disposição para nós fazermos funcionar o terminal de maneira bem rápida e com obra completa, claro”, afirmou o prefeito.

Quando inaugurado, o terminal terá capacidade para armazenar 200 toneladas de pescado. “Isso vai ser bom para os pescadores, para os consumidores e para Manaus, já que é um patrimônio importante para a cidade. Eu sou, portanto, contrário a transferirmos isso para o governo federal. A administração, quanto mais municipalizada é melhor, porque nós estamos mais perto do problema”, disse o prefeito.

Arthur disse que está verificando com o secretário o que é preciso para fazer um convênio para adquirir equipamentos para o frigorífico. “E a ideia dele é transferir boa parte da secretaria que ele dirige para cá, de modo que se comece inclusive a economizar dinheiro de aluguel”, adiantou.

O secretário Municipal de Empreendedorismo e Abastecimento, Jefferson Praia, explicou que já solicitou um parecer da Procuradoria Geral do Município (PGM) sobre a propriedade do terreno, para tentar resolver o impasse. “Nós queremos verificar o melhor caminho para que ele entre em funcionamento o mais rápido possível”, afirmou.

(Matéria: Fabíola Pascarelli)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.