Aldo provoca e McGregor ameaça brasileiro em pesagem do UFC 194

Dana White teve trabalho para separar os rivais durante encarada
Dana White teve trabalho para separar os rivais durante encarada
Dana White teve trabalho para separar os rivais durante encarada

LAS VEGAS (EUA) – José Aldo e Conor McGregor esquentaram o clima de vez para a disputa de uma das lutas mais aguardadas dos últimos tempos no Ultimate. Na pesagem oficial do UFC 194, ocorrida nesta sexta-feira (11), em Las Vegas (EUA), Dana White, presidente da organização teve trabalho para separar os dois atletas e evitar que eles antecipassem o combate que acontecerá neste sábado.

Na hora de subir na balança, a expectativa tomou conta do MGM Grand Garden Arena. Com uma esmagadora maioria de irlandeses da arquibancada, McGregor foi infinitamente mais apoiado que o brasileiro. Ambos lutadores bateram 65,7 kg, exatamente o limite da divisão e confirmaram a luta. Na hora da encarada, Aldo imitou a pose do irlandês na última quinta e McGregor ameaçou chutá-lo por duas vezes enquanto Dana separava os dois atletas como podia.

“Estou cansado de ouvir falar em José Aldo. Eu olho para ele e vejo o medo dele. Obrigado aos irlandeses por virem aqui. Amanhã eu vou levar isso para casa”, disse o irlandês logo após a encarada. Aldo não ficou para trás e garantiu que levará o título para o Brasil.

“Não quero saber. Não acho nada dele. Amanhã eu vou vencer e vou continuar sendo o campeão”, resumiu.

Outras encaradas

No segundo encontro mais aguardado da noite, os americano Chris Weidman, campeão dos médios (84 kg), e seu desafiante, Luke Rockhold, se provocaram bastante e falaram bastante quando se encararam. Mas não passou disso e, no fim, o detentor do cinturão demonstrou confiança.

“Ele (Rockhold) nunca encarou ninguém como eu antes. Ele esta falando muita coisa e vai experimentar algo completamente novo. Vou encerrar essa luta”, disse Weidman.

Entre os outros brasileiros do card (veja o vídeo completo da pesagem abaixo), destaque para os dois ex-TUF Brasil. Leo Santos sequer cumprimentou Kevin Lee e os dois se olharam fixamente. A encarada de Warlley Alves foi ainda mais tensa. O campeão do TUF Brasil 3 ficou perto de tocar nariz com Kevin Lee, mas Dana White ficou por perto para evitar o contato maior.

Entre os atletas mais experientes, Demian Maia e Ronaldo ‘Jacaré’ mostraram muito respeito por Gunnar Nelson e Yoel Romero, seus adversários, respectivamente.

CARD PRINCIPAL

*Peso-pena (65,7 kg) – José Aldo (65,7 kg) vs Conor McGregor (65,7 kg)
*Peso-médio (83,9 kg) – Chris Weidman (83,9 kg) vs Luke Rockhold (83,9 kg)
Peso-médio (84,3 kg) – Ronaldo ‘Jacaré’ (84,3 kg) vs Yoel Romero (83,9 kg)
Peso meio-médio (77,7 kg) – Demian Maia (77,1 kg) vs Gunnar Nelson (70,1 kg)
Peso-pena (66,2 kg) – Max Holloway (66,2 kg) vs Jeremy Stephens (65,7 kg)

CARD PRELIMINAR

Peso-galo (61,2 kg) – Urijah Faber (61,7 kg) vs Frankie Saenz (61,2 kg)
Peso-palha (52,6 kg) – Tecia Torres (52,6 kg) vs Jocelyn Jones-Lybarger (52,6 kg)
Peso meio-médio (77,5 kg) – Warlley Alves (77,5 kg) vs Colby Covington (77,1 kg)
Peso-leve (70,7 kg) – Leo Santos (70,7 kg) vs Kevin Lee (70,7 kg)
Peso-leve (70,7 kg) – Joe Proctor (70,5 kg) vs Magomed Mustafaev (70,3 kg)
Peso-leve (70,7 kg) – John Makdessi (70,7 kg) vs Yancy Medeiros (70,5 kg)
Peso meio-médio (77,5 kg) – Court McGee (77,1 kg) vs Marcio Lyoto – (77,5 kg)

*As duas lutas principais serão válidas pelo cinturão, portanto, não existe libra de tolerância. Uma libra equivale a 0,45 gramas.  AGFIGHT

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.