Agroindústria ganha espaço no Pará, com produtos regionais

Doces e frutas regionais, como o açaí, tiveram lugar de destaque no estande da Unidade Didático-agroecológica do Nordeste Paraense (UDB), na Feira da Agricultura Familiar da Amazônia Legal – Agrifal 2013, encerrada nesta sexta-feira (5) no Hangar Convenções e Feiras da Amazônia.

Criada em 1985 no município de Bragança, no nordeste paraense, a UDB é uma unidade treinamento e pesquisa da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Pará (Emater), promotora da feira.

A Unidade desenvolve projetos e atividades para a agricultura familiar, com base agroecológica, incluindo visitas e orientação técnica. A UDB mantém duas agroindústrias: Uma para beneficiamento de leite e outra para frutas.

Segundo Brenda Zamorim, tecnóloga de Alimentos da Emater e responsável pelas agroindústrias, a aceitação dos produtos da unidade pelo público da feira superou as expectativas. “No segundo dia da Agrifal nós já havíamos vendido 80% do que trouxemos. Os produtos com doce de leite foram os que venderam mais rapidamente, e o doce de manga foi o que mais chamou a atenção do público acostumado a consumir a fruta”, informou.

Da unidade de beneficiamento de leite, a UDB mostrou na Agrifal doces de leite variados (com amendoim, frutas cristalizadas, coco e outros produtos), iogurte de bacuri, manga e muruci, e queijo coalho.

Da unidade de beneficiamento de frutas saíram doces de manga, cupuaçu e goiaba, além de licores de açaí, cupuaçu e jambu. A Emater-PA já solicitou a patente do licor de jambu. “Os doces de leite tiveram bastante saída. Aqui, os preços são acessíveis em relação ao mercado, e de excelente qualidade”, reiterou Brenda Zamorim.

(Texto: Iolanda Lopes – Emater)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.