Agricultores recebem cartão de crédito do Proextrativismo

O extrativista Manoel Raimundo Lacerda de Almeida, que mora na comunidade de São José do Maracá, em Mazagão, trabalha diretamente com o manejo do açaí. Ele é um dos primeiros 200 beneficiados pelo Programa de Desenvolvimento da Produção Extrativista do Amapá (Proextrativismo), que foi lançado nesta quinta-feira, 18, durante a programação do PPA Participativo 2013/2015 na Escola Dom Pedro I, em Mazagão Novo.

Com o cartão em mãos, Manoel Raimundo está apto a acessar o aporte financeiro previsto para o plano, que somente no segmento produtivo mazaganense terá investimento R$ 912 mil. Até 2014, duas mil famílias serão comtempladas pelo programa.

Coordenado pelo Instituto Estadual de Florestas do Amapá (IEF), o Proextrativismo opera com recursos do Fundo de Desenvolvimento Rural (Frap), com o intuito de fomentar a coleta, manejo e produção do açaí, castanha-do-brasil, cipó-titica e madeira. A Agência de Fomento do Amapá (Afap) é a responsável execução financeira do projeto. Nesse momento inicial, os extrativistas receberam o cartão para acessar os primeiros recursos (não reembolsável).

A segunda fase do Proextrativismo compreende linhas de crédito específicas, liberados para os beneficiados que cumprirem com as orientações da primeira etapa. “Os produtos estão recebendo agora um crédito não reembolsável, cuja fonte é o Frap, mas, a partir do momento em que eles acessam esse crédito como um fomento para produzir e ao produzir, preservam a floresta, se tornas membros correntistas da Afap e terão a oportunidade de acessar um financiamento solidário nas próximas etapas”, esclareceu a diretora-presidente do IEF, Ana Euler.

Essas linhas de crédito serão amortizadas como forma de compensação pelo fato dos produtores manterem a floresta em pé. “Esse é o primeiro programa de pagamento de serviços ambientais do Estado. É muito importante reconhecer e promover a inclusão social e financeira de quem trabalha e, principalmente, ajuda a preservar as florestas”, declarou o governador Camilo Capiberibe.

(Diário do Amapá)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.