AC: Desafios dos participantes da III Expedição Interoceânica

Mais de 60 pessoas, 16 carros e 9 motos saíram de Rio Branco no último domingo, 30, rumo ao Peru, Equador, Colômbia e Venezuela para participar da III Expedição Interoceânica organizada pelo Grupo Star Motors e Empresa de Turismo Eme Amazônia.

Os participantes são pessoas vindos de diversos estados do Brasil, como Cuiabá, Belém, São Paulo entre outros. A Expedição largou no dia 25, em Cuiabá e segue até o dia 25 de julho.

Saindo de Rio Branco, no dia 30, a primeira parada foi a Pousada Ecológica do Seringal Cachoeira, localizada em Xapuri, a 170 km de Rio Branco (com mais 16km de estrada de chão). Lá, os expedicionários puderam experimentar o clima da floresta amazônica e a culinária de pratos de dar água na boca.

No local onde o líder seringueiro Chico Mendes fez os empates (correntes de pessoas de mãos dadas em torno da área a ser devastada) muita gente se emocionou. O empresário e um dos organizadores do evento Cassiano Marques, explicou o simbolismo do lugar, a resistência dos seringueiros e de seu líder Chico Mendes. Com a história na ponta da língua é a hora do almoço. No cardápio: galinha caipira e peixe, acompanhados de sucos de cupuaçu e graviola. E de sobremesa, creme de cupuaçu.

Por volta das 13h, do dia 30, o grupo partiu do seringal cachoeira, em Xapuri, rumo a Assis Brasil para os tramites de imigração. Sem problemas, expedicionários seguiram para Iñapari a fim de finalizar a imigração do lado peruano.

A burocracia necessária leva tempo e o calor forte da cidade parece que atrasa ainda mais o processo. O posto de imigração serve para dar entrada no passaporte ou RG (acordo válido para brasileiros).

Na saída da cidade está a aduana onde o viajante pega a autorização para rodar com o carro no país. Um adesivo é colado no vidro do automóvel para autorizar o automóvel a rodar no país. Saindo de Iñapari, a estrada é um tapete e a paisagem deslumbra: estamos na selva amazônica.

Quebra-molas já são esperados. Mas para nossa grata surpresa o asfalto recém recapeado levou mais da metade desses incômodos “ ruempe muella”. Eram mais de cem no trecho até Puerto Maldonado. Duzentos e vinte e cinco quilômetros até Puerto Maldonado e nos deparamos com o hotel Cabaña Quinta, acolhedor, com wi-fi e serviço impecável.

A 3 ª Expedição Interoceânica é organizada pela Eme Amazônia, com promoção do Grupo Star, Governo do Estado do Acre e Governo do Brasil (por meio da Embratur e Ministério das Relações Exteriores), e apoio do Governo do Mato Grosso, Toyota Xapuri Motors, Mastter Motos – Honda, Moto Honda da Amazônia, Roda Viva Transportes, Prefeitura de Porto Velho, Prefeitura de Rio Branco.

(Assessoria do evento)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.