Ufam programa ato para marcar neste quarta 1º mês de paralisação

Ufam fará ato nesta quarta para marcar 1 mês de greve
Ufam fará ato nesta quarta para marcar 1 mês de greve
Ufam fará ato nesta quarta para marcar 1 mês de greve

Amazonas – O comando Local Unificado de Greve da Universidade Federal do Amazonas (Ufam) realizará um ato para marcar 1º mês de paralisação dos docentes. A ação será nesta quarta-feira (15), no Bosque da Resistência, na entrada do Campus Universitário a partir das 8h.

De acordo com um dos membros do CLUG, professor Albertino Carvalho, o ‘Auto dos 30 Dias’ retratará a realidade da Ufam e a luta dos docentes em defesa da instituição. “A greve dos docentes é um movimento crescente e persistente. Estamos chegando aos 30 dias de greve e demonstrando claramente o que tem sido feito em defesa dessa instituição.

Um mês após o dia de deflagração da greve em defesa da universidade, vamos apresentar um ato teatral para demonstrar que o movimento continua e está consolidado no país inteiro. Carreira docente, falta de assistência estudantil e os demais itens da nossa pauta serão demonstrados durante a performance”, disse.

A coordenadora-geral do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Superior do Estado do Amazonas (Sintesam), Crizolda Araújo, avalia positivamente a paralisação que no caso dos técnico-administrativos chega a 66 das 68 universidades públicas. “Essa é a primeira vez que o movimento paredista dos técnicos chega a um número tão grande, faltando apenas duas instituições para completar 100% de adesão. Isso mostra a força da categoria diante da recusa do governo em negociar”, disse.

Na Ufam, a greve dos professores teve início no dia 15 de junho. A pauta de reivindicação da categoria inclui a defesa do caráter público da universidade, melhores condições de trabalho, garantia de autonomia, reestruturação da carreira e a valorização salarial de ativos e aposentados. Já a paralisação dos técnicos teve início dia 28 de maio, junto com o movimento paredista nacional. Além disso, as duas categorias contam com apoio de estudantes na luta contra o profundo corte de recursos da Educação.

Amazonianarede

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.