TRE fiscaliza nas ruas a propaganda eleitoral para evitar irregularidades

A fiscalização do TRE está nas ruas, para evitar a propaganda eleitoral ilgal

 

A fiscalização do TRE está nas ruas, para evitar a propaganda eleitoral ilgal
A fiscalização do TRE está nas ruas, para evitar a propaganda eleitoral ilegal

Manaus, AM – O Tribunal \Regional Eleitoral está muito atento para evitar exageros e irregularidades na campanha eleitoral para as eleições de outubro, para Prefeitura  e Câmara Municipal de Manaus que já está  nas ruas. Para evitar possíveis irregularidades nas campanhas que já acontecem em too os pontos da cidade, ontem, o TER, realizou a  primeira blitz para inibir a propaganda eleitoral irregular.

 

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) distribuiu entre os eleitores o Manual de Propaganda Irregular, que elenca atos permitidos e irregulares durante o serviço de propaganda eleitoral. Uma das novidades deste ano é um aplicativo para eleitores fazerem denúncias.

 

Neste ano, peças publicitárias irregulares não serão recolhidas na hora como nas Eleições anteriores. Elas vão receber um adesivo da Comissão de Fiscalização da Propaganda Irregular, que deve identificar que aquela peça é irregular.

“O adesivo preto é uma inovação, o qual será usado pela Comissão de Fiscalização da Propaganda Eleitoral quando nós encontrarmos propaganda irregular fora das regras eleitorais. Então o adesivo será colocado pelos servidores da comissão, pelas juízas da Zona Eleitoral, e o beneficiário, o responsável por aquele adesivo será notificado no prazo de 48 horas para regularizar o adesivo ou retirá-lo sob pena de pagamento de multa”, afirmou a juíza eleitoral Lídia Abreu.

Outra novidade é o aplicativo Pardal, que deverá ser usado pelos eleitores para acusar quaisquer propagandas irregulares em Manaus.

“No aplicativo Pardal qualquer cidadão vai fiscalizar juntamente com a comissão de fiscalização da propaganda eleitoral.  Ele poderá ser baixado através de smartphone, tablet ou celular e se ele verificar uma propaganda irregular ele poderá enviar à comissão essa propaganda irregular”, contou a juíza.

 

Amazonianarede-

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.