Transportadoras fecham Ponte da Amizade em repúdio ao tratamento da polícia boliviana

(Reportagem: Almir Andrade)

A ‘Ponte da Amizade’ que liga o Brasil à Bolívia, através do Acre pela cidade de Epitaciolândia, está bloqueada desde o início do dia desta sexta-feira, dia 15, pelas transportadoras que reclamam do tratamento que vem recebendo por parte da polícia boliviana da cidade de Cobija, capital de Pando (Bolívia).

A reclamação é mais uma que se acumula contra o tratamento diferenciado aos motoristas brasileiros, mesmo que estejam com os documentos em dia, já que é necessário entrar no País para poder trabalhar, independentemente de qualquer transportadora.

As reclamações vem se arrastando a tempos e esta não seria a primeira vez que fecham a ponte, principal acesso ao país vizinho de cargas como gasolina, já que precisam das estradas brasileiras passando por Rondônia e Acre.

Um dos proprietários de transportadora denuncia que um de seus caminhões, foi detido quando foi contratado para transportar madeira sem que fizesse um inventário e lavado ao pátio. Reclamam que a Aduana boliviana nada faz para ajudar nestes casos, mesmo que os impostos sejam pagos e os documentos estejam em dia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.