“Temos que neutralizar as forças do Nacional”, diz Marquinhos Piter

Manaus – A partida entre Nacional e Coritiba, pela segunda fase da Copa do Brasil, na última quarta-feira (15), teve um espectador que, pelas circunstâncias decisivas que vive o futebol do Amazonas, pode ser apontado como espião: Marquinhos Piter.

O técnico do Princesa do Solimões foi ao estádio Roberto Simonsen com a finalidade de analisar o esquema tático do Leão da Vila Municipal, adversário direto do Tubarão do Norte na final do Campeonato Amazonense de Futebol 2013.

– Eu vim analisar o nosso adversário do domingo. Na partida do fim de semana, a gente vai tentar neutralizar a equipe do Nacional, que é uma equipe de qualidade e tem um toque de bola muito bom. E estamos analisando tudo, com muito carinho, para passar para aos jogadores o que está acontecendo e o que fazer. Nós iremos procurar neutralizar não só o ataque do Nacional como, também, o meio de campo deles, onde tudo começa – disse.

O comandante do Princesa ressaltou que, pelo ‘corpo’ que o seu grupo ganhou ao longo do campeonato, está com boas perspectivas para o primeiro confronto diante do Nacional, neste domingo, dia 19 de maio, às 16 horas.

– Acredito que seja possível vencer o Nacional por tudo que o Princesa do Solimões vem fazendo dentro da competição. É uma equipe equilibrada e bem postada. É claro que nós temos que melhorar, considerando os jogos que a gente fez contra a equipe deles nas duas partidas pelo returno do Amazonense – lembrou, reforçando que sabe quais os pontos fortes e fracos do elenco comandado pelo técnico Aderbal Lana.

– O ataque do Nacional é perigoso, se movimenta bem, tem um toque de bola refinado. É uma equipe que entra no espaço vazio, e foi tudo isso que a gente analisou de forma minuciosa, nesta semana, pra não sermos surpreendidos no fim de semana – finalizou.

Fonte: Globoesporte.com 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.