Taxa de emprego no Amapá é a segunda maior do Brasil, revela Caged

Amazonianarede – Diário do Amapá

Macapá – De acordo com dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego(MTE), divulgados nesta sexta-feira, 25, em 2012 o Amapá teve um saldo de 5.784 postos de trabalho com uma taxa anual de empregode 8,39%. Este número originou-se do saldo de 37.891admissões contra 32.107 desligamentos.

Com esses dados o Amapá ficou em segundo lugar no ranking dos estados que geraram mais emprego no Brasil, cujo percentual de crescimento foi de 3,43%. O primeiro é Roraima com 8,45%.

Tal comportamento foi proveniente da expansão do empregoprincipalmente no setor de Serviços (+3.769 postos) e do Comércio (+1.607 postos), contrariando o argumento usado, principalmente por políticos da oposição, de que no Amapá o comércio está fechando as portas.

Em 2011, de acordo com o Ministério do Trabalho, foram gerados 7.256 empregos celetistas. Naquele ano os números foram da expansão do emprego ocorreram principalmente no setor da Construção Civil (+2.627 postos), de Serviços (+1.994 postos) e do Comércio (+1.451 postos).

Pelo Caged também é possível fazer avaliação dos dois últimos anos de go-verno de Waldez Góes. Em 2009 foram gerados 1.942 empregos e ano seguintes o saldo foi de 2.982. (ver gráfico).

O secretário de Estado do Planejamento, Orçamento e Tesouro (Seplan), Juliano Del Castilo, disse quem em 2013 a tendência do Amapá é continuar na li-derança da geração de emprego, em virtude de várias obras que terão início este ano, como a segunda etapa do Conjunto Macapaba, que vai construir 2.048 apartamentos e 170 casas.

“O Estado tem investido em todos os setores para garantir desenvolvimento, com isso várias frentes de trabalho vão surgindo, aquecendo a economia do Amapá”, declarou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.