Sob o coro de ‘fica’, Dedé marca e Vasco vence o Quissamã

Rio – O Vasco venceu o Quissamã por 3 a 1, na tarde deste sábado, em jogo muito movimentado em São Januário.

O zagueiro Dedé, que pode ter feito sua última partida em São Januário, marcou o primeiro gol do Cruz-Maltino, Tenório ampliou o placar e Thiaguinho, no fim da partida, fez o terceiro do time da casa. Gustavo descontou para os visitantes.

O resultado rebaixou o Quissa para a segunda divisão do Campeonato Carioca. Para o time do técnico Paulo Autuori, já eliminado da competição, o triunfo serve para dar mais tranquilidade para a sequência do trabalho.

O Vasco encerra sua participação no Campeonato Carioca na próxima semana, contra o Madureira, em Conselheiro Galvão. O Quissamã pega o Friburguense.

PRIMEIRO TEMPO COM DEDÉ COMO PERSONAGEM

O Vasco iniciou a partida na Colina com um time mais leve, que tentou jogadas envolventes. Aos cinco minutos, Dakson entrou na área após tabela com Bernardo e finalizou, dando trabalho para o goleiro Ricardo. Dakson foi bem novamente aos 16 minutos. O meia deu um lindo passe e Thiaguinho entrou livre na área adversária. O atacante, sozinho, parou nas mãos do goleiro rival.

Em cobrança de falta, Bernardo quase abriu placar. Em uma bola precisa, o meia fez a bola tirar tinta da trave. Ricardo nem se mexeu. O gol estava amadurecendo. Até que, aos 31 minutos, Dedé, que talvez saia do Vasco nos próximos dias, desviou cobrança de escanteio e abriu o marcador em São Januário.

Em mais uma jogada aérea, quatro minutos depois, Tenório cabeceou para o gol após Bernardo lançar uma falta na área e ampliou para o Cruz-Maltino: 2 a 0.

Só que os mandantes não foram com esta vantagem para o intervalo. Dedé, personagem do jogo, cometeu um pênalti no fim da primeira etapa. Gustavo cobrou com precisão e diminuiu.

SEGUNDO TEMPO DE CONFIRMAÇÕES

O Vasco voltou para o segundo tempo com Romário no lugar de Tenório. Mas a movimentação do time era a mesma. Com bons toques e trocas de passes, o Cruz-Maltino seguiu buscando o gol, não se acomodando.

O Quissamã, que precisava da vitória para se manter vivo na luta contra o rebaixamento, apostava nas bolas paradas. Sem muito sucesso.

Do meio do segundo tempo em diante o jogo deu uma esfriada. No entanto, o Vasco continuou criando oportunidades de gol. Bernardo e Romário tiveram duas boas chances seguidas aos 26 minutos.

Quando o jogo parecia que iria se encaminhar para o fim com o 2 a 1 no placar, Dakson sofreu um pênalti. A torcida pediu Dedé para a cobrança, mas quem bateu foi Thiaguinho, que converteu e deu números finais ao jogo.

FICHA TÉCNICA
VASCO 3 X 1 QUISSAMÃ
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data-Hora: 13/04/2013 – 16h (de Brasília)
Árbitro: Leonardo Garcia Cavaleiro (RJ)
Auxiliares: Marcos Sivolella do Nascimento (RJ) e Andréia Izaura Maffra Marcelino de Sá (RJ)
Público/Renda: 2.393 presentes/R$ 16.300
Cartões amarelos: Fillipe Soutto (VAS)
Cartão vermelho: nenhum
Gols: Dedé (VAS) 31/1ºT, Tenório 35/1ºT (VAS), Gustavo (39/1ºT) e Thiaguinho (42/2ºT).
VASCO: Alessandro; Elsinho, Dedé, Renato Silva e Nei; Sandro Silva (Fillipe Soutto – 20’/2ºT), Abuda, Dakson e Bernardo (Pedro Ken – 36/2ºT); Thiaguinho e Tenório (Romário intervalo) – Técnico: Paulo Autuori.
QUISSAMÃ: Ricardo, Bruno Reis, Edson, Raphael, Arimax, Bruno Neves, Cleiton, Léo Miranda (Vinícius – 15’/2ºT) , Marquinho, Gustavo (Marcelinho – 23/2ºT) e Fabrício. Técnico: Marquinhos.

Fonte – Lancenet

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.