Sinomar Naves, o possível comandante do Naça em 2015

02-09nfc

Manaus – “Chegamos após o início do segundo turno, passamos pouco tempo no Nacional, porém tempo suficiente para conquistarmos um dos títulos mais importantes de minha carreira, o 42º estadual do Naça”, relembra Sinomar Naves, o técnico do Nacional Futebol Clube no Campeonato Amazonense de 2014.

Com uma carreira extensa no futebol, Sinomar Dias Naves, 60, afirma que atuar no Nacional foi gratificante, principalmente pela relação entre comissão técnica e diretoria. “É um clube que respeita seu profissional, que valoriza. Faz com que tenhamos uma relação estreita entre jogadores, comissão técnica, centro médico e diretoria. Nunca tivemos problema para trabalhar, tínhamos fácil acesso para falar e ouvir. Isso é fundamental para se fazer um bom trabalho. É um time que possui um grande patrimônio, mas a sua torcida com certeza é o mais valioso”.

Sobre a possível contratação para comandar o elenco em 2015, o treinador esclarece. “Estamos mantendo contato. Algumas ideias foram trocadas, mas nada está confirmado”.

No entanto, Sinomar garante que tem acompanhado todas as competições e se preparando para trabalhar em 2015. “Estamos participando de seminários, palestras e avaliando muitos jogadores, também para nosso banco de dados, isso porque o Nacional tem um calendário completo no ano que vem e é preciso estar integrado no contexto, caso sejamos contratados e assim, possamos alcançar nossos objetivos que são: avançar na Copa do Brasil, conquistar a Copa Verde e o Estadual e, a tão almejada, série C”, frisou.

O 42º título do Leão

O treinador diz que guarda boas lembranças do Nacional, mas que a conquista do 42º título estadual do Nacional foi diferente. “Já passei por várias decisões. Todas elas quando conseguimos a conquista é um sentimento de dever cumprido. Mas a final do amazonense foi especial. Fomos tratados com desconfiança e trabalhamos justamente isso no grupo, neutralizamos o lado negativo e motivamos as qualidades. A final foi emocionante. Me sinto feliz por provar a competência de um trabalho em equipe. Foi uma das partidas mais emocionantes que já participei. É a prova de que é possível”, disse.

A carreira

Ex-jogador de futebol, Sinomar Dias Naves, natural de Corumbaíba, em Goiás, é casado e tem três filhos, sendo um deles, formado em educação física que seguiu a carreira do pai. É auxiliar técnico que acompanha Sinomar em todos os trabalhos da Comissão Técnica.

Enquanto jogador, atuou no Vila Nova, Campinense, Tuna Lusa entre outros clubes. Aos 28 anos encerrou a carreira e investiu como treinador. Formou-se em educação física e administração em educação escolar e fez pós-graduação em Gestão Escolar.

É treinador desde 1987. Fez história no futebol paraense ao conquistar o título estadual três anos consecutivos, com o Paysandu (2010), Independente Tucuruí (2011) e Cametá (2012), atuou entre outros times como Tuna Lusa, Ananindeua, Paysandu, Remo, União de Rondonópolis.

Por: Ennas Barreto – NFC

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.