Sepror amplia projeto para retirar indígenas de demandas assistencialistas

Amazonianarede – Sepror

Manaus – Retirar os povos indígenas da extrema dependência de programas assistencialistas. Foi com esse objetivo que o Governo do Amazonas por meio da Secretaria de Estado da Produção Rural (Sepror) entregou implementos para nove etnias atendidas pelo projeto “Agricultura Indígena”.

A ousadia em fomentar a produção rural entre os povos indígenas, na contramão dos estereótipos, foi destacada pelo titular da Sepror, Eron Bezerra. “Muita gente fala que índio é preguiçoso, sem entender que eles têm sua própria forma de produzir. Quando lançamos o projeto, em 2009, muita gente dizia que era desperdício de tempo e investimento. E hoje estamos aqui, estruturando-o e anunciando sua ampliação”, disse.

Os implementos foram viabilizados a partir de uma emenda da senadora Vanessa Grazziotin, de 2009, e encaminhada por meio do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). No total, 10 motos, 10 motores de popa, 10 botes de alumínios e 10 máquinas fotográficas foram entregues às etnias Tariano, Baré, Baniwa, Munduruku, Mura, Sataré-Mawé, Tikuna e Marubo.

Ampliação do projeto

De acordo com o secretário Eron Bezerra, o projeto passa por uma fase de ampliação. Até 2015, a meta é atender 3.439 famílias de 34 municípios distintos. Desde 2009, o programa dá assistência a 1.539 famílias de 15 municípios.

Para alcançar o objetivo, novos técnicos agrícolas estão sendo contratados. Mais seis, além dos 10 que já participam do projeto, serão incorporados. O detalhe é que os técnicos são da mesma etnia do público atendido, a fim de acrescentar novos métodos de cultivo sem deixar de valorizar os tradicionais de cada povo.

Projeto premiado

Semana passada, durante a solenidade de lançamento do programa “Mulher, Viver sem Violência”, ocorrido no Palácio do Planalto, a técnica Justina Tikuna, que participa do “Agricultura Indígena” desde seu surgimento, recebeu um prêmio das mãos da presidente Dilma Roussef no valor de R$ 20 mil.

A premiação foi concedida por conta da participação da indígena em programa de inclusão social e no desenvolvimento agricultura. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.