Semmas tem programação para comemorar o Dia da Árvore em Manaus

(Amazonianarede – Semcom)

O Dia da Árvore, comemorado em todo o País no próximo dia 21 de setembro, será marcado por uma série de atividades programadas pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

As ações envolvem intervenções ambientais em locais espalhados por toda a cidade e visam desenvolver a consciência ambiental nos moradores.

Desde a segunda-feira, 16, até a próxima sexta-feira, 20, estará em cartaz a exposição sobre Arborização Urbana, no Espaço da Cidadania Ambiental (ECAM), no Piso Açaí, do Manauara Shopping. Nesta quarta-feira, 18, a Semmas realizará, a partir das 9h, o plantio simbólico de mudas na Escola Municipal Edinir Telles, situada na Rua 28 de Agosto, s/n, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste.

A escola é um dos dez estabelecimentos de ensino da rede municipal envolvidos no Projeto Salve o Mindu, que visa desenvolver ações de sensibilização junto às comunidades do entorno das nascentes do Igarapé do Mindu, com vistas a uma mudança de comportamento, principalmente em relação ao descarte de resíduos no curso d’água.

Na quinta-feira, 19, a Semmas realiza uma oficina de educação ambiental sobre arborização na Escola Municipal Leonardo da Vinci, preparatória para uma ação de intervenção ambiental que será realizada no sábado, 21, na Praia da Ponta Negra.

Na sexta-feira, 20, a secretaria realiza, no Espaço ECAM, a partir das 10h, uma oficina sobre Manutenção de Floreiras para os comerciantes do Centro que adotaram os vasos instalados na frente dos seus estabelecimentos nas ruas que receberam as ações de revitalização dentro do Projeto Viva Centro.

Os lojistas aceitaram a missão de manter as floreiras sem lixo e irrigadas. Cada estabelecimento receberá um Certificado Amigo do Verde, entregue pela Semmas pelo compromisso assumido. No total, foram instaladas 37 floreiras entre as ruas Dr. Moreira, Marcilio Dias e Guilherme Moreira.

No sábado, 21, a atividade será de plantio nas margens do igarapé do 40, no Conjunto Habitacional Gilberto Mestrinho, na Cachoeirinha, Zona Sul. Serão plantados no local 312 mudas de espécies arbóreas, numa área degradada da bacia do Educandos. Serão utilizadas apenas espécies nativas da Amazônia como Sumaúma, Andiroba, Arara Tucupi, Paricá, Munguba, Mogno, Pau Pretinho e Jutairana.

O plantio contará com a presença de grupos de voluntários, ligados a instituições de ensino e privadas, como Uninorte, Uninilton Lins, Manaus Ambiental, ONG Gaviam, Lojas Maquipel e Amazonsat, além dos comunitários residentes na área.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.