Seca do Rio Acre faz Governador decretar situação de emergência

Rio Branco – O governador estado do Acre, Tião Viana, decretou na manhã dessa segunda-feira, 3, situação de emergência devido à seca do Rio Acre, decorrente do período de estiagem. A decisão foi publicada no Diário Oficial.

A ação autoriza que os órgãos do Sistema Nacional de Defesa Civil a prestar apoio imediato aos municípios Rio Branco, Xapuri, Epitaciolândia, Brasiléia e Assis Brasil principais afetados pela violenta seca.

O coordenador da Defesa Civil Estadual, coronel Carlos Gundim, afirmou que o caudal apresenta a menor medição dos últimos quarenta anos. “Estamos vivenciando o menor nível do rio nos últimos 40 anos. Agora a maior preocupação em vista são os meses de agosto e setembro por conta da estiagem”, comenta o coordenador.

O objetivo maior do decreto é dar prioridade nas ações, para que os órgãos de meio ambiente, (Depasa) e Defesa Civil do estado é suas parcerias, possam tomar medidas para evitar um possível queda no abastecimento de água.

O coordenador coronel Carlos Gundim acrescentou ainda que nesta semana será desenvolvido um estudo nos municípios atingidos. “Vai ser desenvolvido um estudo visando desenvolver um relatório em cada um dos municípios atingidos pela seca. O estudo tem como intuito identificar a real necessidade de cada município com relação à bacia e ao leito do rio. Essa ação objetiva buscar pontos para evitar uma situação mais grave”, finalizou.

(O Rio Branco)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.