Rasteira geral

Pés e mãos amarrados – É assim que estão os vereadores de Manaus, depois da manobra do ex-presidente Isaac Tayah, em dezembro do ano passado, que extinguiu todos os cargos comissionados da casa, acabou com o ticket alimentação, prejudicando até os efetivos e com isso deixou os parlamentares sem poderem contratar assessores. Isaac, dizem, só fez o bem para alguns “apadrinhados”, que receberam indenizações polpudas no final do mandato dele. É caso para ser investigado e punido, pelo menos com a devolução dos valores pagos. Chega de esquema.

Olho só no lucro – As construtoras que são responsáveis por obras em Manaus, só estão preocupadas mesmo é com o lucro. A segurança dos trabalhadores não aparece na lista de prioridades. Capacete, botas, óculos e cinto de segurança, para quem trabalha em andaimes (foto), nem sequer são vistos nos canteiros de obras. Um absurdo que já vem de muito tempo e os responsáveis por fiscalizar nunca são vistos para multar essas empresas. Com a palavra, então, o Ministério do Trabalho.

Sérgio Costa

Da Redação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.