Quenianos vencem a Meia Maratona do Rio e o Amazonas fez bonito com o Pro-Saúde

o queniano Adim Pathc, o vencedor da meia maratona no Ri0
o queniano Adim Pathc, o vencedor da meia maratona no Ri0
o queniano Adim Pathc, o vencedor da meia maratona no Ri0

Rio – Mais uma vez, os quenianos sobraram em terras cariocas. Edwin Kipsang Rotich venceu a prova masculina da Meia Maratona do Rio, disputada neste domingo, deixando o brasileiro Giovani dos Santos em segundo. Nancy Kiprop venceu entre as mulheres.

Apenas dois segundos separaram Giovani dos Santos da medalha de ouro. Seria o fim do jejum dos brasileiros, que não vencem a prova desde 2008. Mas a hegemonia queniana foi confirmada por Rotich. Ele venceu a prova com tempo 1h02m25s, contra 1h02m27s de Giovani. O também queniano Richard Kiplimo Mutai ficou em terceiro, com 1h04m55s.

— Foi um duelo bem disputado e fiz o que pude, mas ainda está faltando um pouquinho de incentivo para os brasileiros. Eu quase não vim para essa prova, mas vim para dedicar ao povo brasileiro. Esse resultado é sensacional, porque a gente vem fazendo uma disputa muito acirrada. Enfrentei ele há duas semanas e fiquei 25 segundos atrás e hoje foi na casa de dois segundos. Procuro fazer o melhor para a torcida brasileira e estou muito feliz. Agora é trabalhar porque está faltando no meu currículo a São Silvestre — afirmou Giovani.

A queniana Nancy Kiproc, vendora feminina  da prova
A queniana Nancy Kiproc, vendora feminina da prova

A queniana Nancy Kiprop sagrou-se tricampeã da prova feminina, com 1h12m37s, seguida pela compatriota Delvine Meringor, em segundo, com 1h12m55s. A brasileira Sueli Pereira da Silva ficou em terceiro, com tempo de 1h14m16s.

Pró-Saude (AM)

Vários atletas de fins de semana do Amazonas, participaram do evento que contou com mais de 26 mil corredores, nas categorias masculina e feminina entre atletas naci0nais e estrangeiros, profissionais e amadores, nas categorias masculina e feminina, com a predominância mais uma vez, dos atletas do Quênia.

O time amazonense do Pro Saúde, participou com determinação da Meia Maratona do Rio
O time amazonense do Pro Saúde, participou com determinação da Meia Maratona do Rio

Nesse grupo de atletas, estava um amazonense, o Pro Saúde, grupo de corrida formado há cerca de ter anos em Manaus, que pela segunda vez participa da competição, com uma razoável delegação de atletas de fins de semana, que utilizam como locais de treinamentos a Ponta Negra e a Ponte Rio Negro.

Os atletas do pró Saúde, participando mais uma vez como amadores e sem nenhum compromisso coma competição e com a representatividade do Estado, mostraram na Meia Maratona a força amazonense, participando com responsabilidade e determinação da competição, em todo seu percurso, enfrentando todas dificuldades oferecidas pelo longo e difícil percurso, mostrando a força e o valor do caboclo amazonense, também no esporte, mais especificamente, no atletismo.

Ao final do percurso, no Aterro do Flamengo, os atletas do Pró Saúde se confraternizaram e consideraram que o time todo teve um bom desempenho, considerando que todos ultrapassaram a linha de chegada com um tempo avaliado como  satisfatório e garantiram que no próximo ano tem mais.

Amazonianarede/Extra /Redação

 

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.