Queimadas reduzem visibilidade em estradas do Acre

Com a intensificação das queimadas, principalmente, nas rodovias interestaduais que cortam o Estado, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) ressalta os cuidados que os condutores devem ter diante de um incêndio próximo a pista ou a presença da fumaça que reduz a visibilidade.

Segundo o inspetor da PRF, Fabrício Jucá, não há informação sobre acidentes causados pela fumaça nas estradas acreanas em 2013. Mas, confirma que o perigo existe e por isso, os motoristas devem ter muita atenção nesse período.

“É comum quando há muita fumaça, os condutores reduzem a velocidade devido a redução da visibilidade, além disso, é necessário acender os faróis e sinalizar se for estacionar no acostamento. Se houver queimada próximo a pista, o motorista pode comunicar a PRF através do telefone 191 para que os órgão ambientais seja comunicados e medidas sejam tomadas”, orienta o inspetor.

Os motivos para desencadear incêndios nas laterais das estradas podem variar, mas geralmente são causados por pontas de cigarro acesas, garrafas de vidro e latinhas de alumínio que a aquecem devido a alta temperatura e junto com a folhagem seca se tornam ingredientes certos para o início de queimadas sem controle que prejudicam não só a visibilidade dos motoristas, mas também, a saúde e ao meio ambiente.

(Reportagem: Bruna Lopes)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.