Prorrogação da ZFM será votada dia 18/03 e a bancada está otimista

Manaus – Por telefone, o deputado federal Átila Lins, relator da PEC que pede a prorrogação por mais 50 anos da Zona Franca de Manaus, assegurou ao Portal Amazonianarede, que a prorrogação entrará na pauta de votação na sessão do dia 18 de março, da Câmara Federal, logo após o Carnaval.

Átila disse ainda que a proposta para a data, com a anuência das lideranças foi da presidência da Casa, considerando que nesta época carnavalesca a frequência na Câmara diminui e como se trata de uma Emenda Constitucional, precisa pelo menos de 308 votos favoráveis, era perigoso colocar o projeto em votação numa época de quorum duvidoso devido as folias de Momo.

Atila Lins, ressaltou ainda o empenho do governador Omar Aziz, nas negociações, das bancadas políticas do Estado, do prefeito Arthur Neto e das articulações que vem sendo feitas pelo senador Eduardo Braga, PMDB, líder do Governo no Senado e garantiu que mais do que nunca tem plena convicção de que a prorrogação da Zona Franca de Manaus, será aprovada, até porque conta com o importante apoio do Governo federal, através da própria presidente Dilma Rousseff.

Braga satisfeito

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM) ficou satisfeito com a data e agradeceu o empenho do presidente da Câmara, Henrique Alves (PMDB/RN), com quem falou sobre a necessidade de votação da emenda constitucional.

“O presidente nos prometeu que colocaria a PEC em pauta e o importante é que agora já temos uma data definida para a votação dessa matéria essencial para o nosso estado”, ressaltou.

Antes da reunião de líderes, Henrique Alves, que disse receber pedidos diários do senador Eduardo Braga para colocar a PEC em pauta, explicou que já previa que a votação poderia ficar para depois do carnaval, isso porque nas próximas semanas a Casa pode ser afetada com baixo quórum provocado pelo feriado.

“Como tem que ter um quorum alto, porque é emenda constitucional, a gente não pode correr o risco de fragilidade de votos no plenário. Espero que os líderes se sensibilizem a essa matéria, que, a meu ver, é muito justa e muito meritória com estado do Amazonas”, disse o presidente da Câmara.

Arthur confiante

Já o prefeito de Manaus, Arthur Neto, do PSDB, partido cuja a representação paulista sempre se manifestou contra os interesses da Zona Franca de Manaus, está muito confiante na aprovação da PEC, chegando a afirmar que na votação na Câmara o PSDB oferecerá um grande apoio em termos de votos a Zona Franca de Manaus.

Arthur que tem feito muitas articulações para ajudar na aprovação da PEC em questão e garante que as coisas começam a clarear e com relação a lei da informática, o prefeito defende a idéia do superintendente da Suframa Thomaz Nogueira, que é a prorrogação da informática por 15 anos c0m uma avaliação do Governo Federal a cada cinco anos, para analisar o comportamento do setor, para evitar erros mais à frente.

Por: Amazonianarede – Osny Araújo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.