Projeto “Eu visitei a Arena da Amazônia” reabre com grande participação popular

Amazonianarede – Sejel

Manaus – Na manhã deste sábado, 26 de janeiro, cerca de 300 pessoas compareceram para a primeira visitação pública ao canteiro de obras da Arena da Amazônia. O projeto acontece sempre no último sábado de cada mês, das 8h às 11h, e é uma iniciativa do Governo do Amazonas via Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

As inscrições são gratuitas e feitas através do Portal Amazonas Esporte, no link www.amazonasesporte.am.gov.br 

A única exigência é trajar calça comprida e sapato fechado para evitar acidentes. Menores de 15 anos só entram acompanhados dos pais ou responsáveis. No local todos receberam equipamentos de segurança como colete e capacete.

Primeira vez visitando a Arena, o conciliador do Procon, José Francisco Régis, 46 anos, diz que o projeto é uma forma da população fiscalizar como o dinheiro público está sendo aplicado.

“Todo cidadão deve ser fiscalizador do poder público. Acompanhei a demolição do Vivaldo Lima e é gratificante ver uma obra colossal evoluir. Espero que o estádio seja entregue dentro prazo e que possamos até receber jogos da Copa das Confederações”, disse José Francisco.

Outros se inscreveram para ter fotos de recordação do momento da visita. É o caso do administrador, Valber Natálio Azevedo, de 31 anos, que já admirava a obra quando passava pela Av. Constantino Nery.

“Decidi vir hoje e conhecer como está a evolução do estádio que será um dos mais bonitos do Brasil. A obra tem chamado muita atenção de quem passa na rua. Hoje, percebi como os trabalhos estão adiantados. Aproveitei para fotografar e quero voltar outras vezes”, falou.

ARENA DA AMAZÔNIA

O primeiro guindaste com capacidade para 750 toneladas já chegou a Manaus para instalar a cobertura e fachada do estádio, que receberá quatro jogos do Mundial de 2014. O segundo equipamento e as primeiras peças para a montagem da cobertura sairão de Portugal e devem chegar à cidade no fim de março.

Segundo a Unidade Gestora do Projeto Copa (UGP Copa), atualmente as frentes de trabalham avançam na montagem dos degraus da arquibancada superior no setor Leste, construção dos banheiros, camarotes e pódio, totalizando 50,6% da obra concluída.

A Arena da Amazônia foi o primeiro estádio das 12 cidades-sede da Copa do Mundo de 2014 a obter certificação nas normas ISSO 9001; ISSO 14001 e OHSAS 18001, a fim de obter o título de “Arena Verde”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.