Prisão modelo

Para copiar – Em Minas Gerais, está sendo construída uma cadeia que deve servir de exemplo para o resto do país. Lá os presos serão obrigados a frequentar a sala de aula quatro horas por dia e a trabalhar mais seis horas. Cada dia trabalhado vai representar um dia a menos na pena do condenado. Isso sim deve ser adotado nos presídios do Brasil, não este regime atual que se tornou uma verdadeira universidade do crime, onde o bandido entra ruim e sai pior. Belo exemplo.

Palhaçada – A juventude do PT, organizou um jantar ontem, no Distrito Federal, para arrecadar dinheiro e ajudar a pagar as multas dos “coitadinhos” José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoíno, três dos condenados por compra de votos no julgamento do mensalão. O pior é que estão sugerindo que em todos os estados a juventude petista faça o mesmo. Um deboche na cara da sociedade. Ainda bem que pelo menos este primeiro jantar foi um fracasso. Será que esses pilantras pensam que o povo ainda é besta?

Palhaçada local – Não se sabe a troco de quê, até hoje o Tribunal de Contas do Estado não julgou as contas do atual prefeito de Coari, Adail Pinheiro. O cara já foi até preso pela Polícia Federal, acusado de falcatruas com o dinheiro público e mesmo assim pode ser candidato, ganhar a eleição e assumir o posto na prefeitura. Comenta-se, nos bastidores da política, que o “argumento usado pelo sujeito”, fala muito alto e por isso ele escapa de todas as acusações. É mais uma palhaçada com a cara do povo.

Shopping caldeirão – Muita gente tem reclamado, com razão, que a administração do Amazonas Shopping não liga o sistema de ar condicionado central e deixa para as lojas usarem os seus individuais. O resultado é que, como nem todo lojista que ter despesa, o lugar vira um verdadeiro caldeirão, de tanto calor. As moças, que trabalham nos caixas do supermercado, passam o dia se abanando, à exemplo dos frequentadores. Procon e multa que eles merecem.

Sérgio Costa

Da Redação

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.