Presidente da Aleam, Josué Neto, participa da abertura da campanha contra HPV no interior

A campanha de vacinação do programa de erradicação do câncer de colo uterino contra o HPV no Amazonas foi lançada no fim de semana, sexta-feira (9) em Manaus e sábado (10) em Borba, onde o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), deputado Josué Neto (PSD) acompanhou o governador Omar Aziz no lançamento da campanha.

O presidente ressaltou a importância dos pais em levarem seus filhos aos postos de saúde para vacinar, garantindo imunidade contra a doença que mais causa esse tipo de câncer.

O governador Omar Aziz disse que o Estado priorizou os investimentos na campanha de vacinação como bandeira de saúde, para que no futuro os jovens fiquem livres do HPV. Ele disse não ter dúvida que, em relação ao câncer de colo de útero, o governo está protegendo os jovens para no futuro não terem problemas com essa doença. “E nós sabemos que a incidência desse câncer no Amazonas é a maior do Brasil, por isso essa ação nossa visa principalmente acabar com essa incidência grande e futuramente extinguir a doença do nosso Estado”, disse.

“A partir do momento que houver uma conscientização dos pais e das mães para levar seus filhos e suas filhas aos postos de vacinação, a campanha terá sucesso total. Essa não é apenas uma campanha, é um programa que vai ser para a vida toda”, disse Josué Neto, destacando que é importante o governo estar criando esse programa, mas reforçou que “a outra metade da responsabilidade é justamente dos pais de levar seus filhos aos postos de vacinação”.

O prefeito de Borba, cidade escolhida como ponto de partida para a campanha contra o HPV, José Maria Baia disse que serão vacinadas pouco mais de seis mil meninas e a prefeitura não medirá esforços para encontrar essas jovens para serem vacinadas. “O empenho é total, nós temos 114 agentes de saúde e postos de saúde no interior e na cidade, onde nós temos 6 UBS e nós já fizemos este tipo de campanha, portanto temos experiência”, finalizou.

A estimativa do governo é que sejam vacinadas pouco mais de 116 mil meninas de 11 a 13 anos de idade, e segundo a Susam todas as comunidades rurais e ribeirinhas e todas as escolas públicas federais, estaduais e municipais, e ainda as escolas privadas vão ser visitadas. A vacinação vai até o dia 30 de agosto e a imunização contra o HPV conta com mais duas doses, com um total por vacina de R$ 135, enquanto o tratamento custa quase R$ 14 mil.

(Fonte: Diretoria de Comunicação)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.