Prefeitura estimula reaproveitamento de resíduos

Produto de resíduos recicláveis
Produto de resíduos recicláveis
Produto de resíduos recicláveis

Manaus – A Prefeitura de Manaus quer estimular a população a fazer o reaproveitamento dos resíduos sólidos e já programou para este ano 14 cursos e oficinas, sob a responsabilidade da Divisão de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), dentro do Programa Uniambiente.

As aulas serão realizadas no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam) do Uai Shopping para moradores de bairros e comunidades da zona Leste de Manaus.

A primeira oficina já ocorreu nos dias 10 e 11 de fevereiro, com métodos para a confecção de pufes com garrafas pet. Participaram moradores dos bairros Val Paraíso, Vale do Sinai, Tancredo Neves, Alfredo Nascimento, Amazonino Mendes, Armando Mendes e Grande Vitória. Os participantes recebem certificados e o podem atuar como multiplicadores de informações em suas comunidades.

A agenda prevê a realização de cursos como o de fabricação de sofás com embalagem de leite tipo tetrapak e com garrafas pet, abajures com formas de ovo quadrada ou oval, decupagem com revista e vidro, papietagem em garrafas de vidro, cestas de garrafa pet e peças decorativas natalinas.

Os interessados em participar podem ligar para a Divisão de Educação Ambiental (DIEA), da Semmas, pelo 3236-8587.

Oficina de pets é sucesso

As oficinas para a confecção de pufes com uso de garrafas pets é das mais concorridas entre as oferecidas pela Semmas, por se tratar de um utensílio doméstico.

No ano passado foram realizadas oficinas nas cozinhas comunitárias atendidas pelas secretarias municipais de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) e Produção e Abastecimento (Sempab).

Segundo a chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Kelly Souza, a ideia é fazer com que as pessoas conheçam outras formas de destinação das garrafas pets, alertando ainda para a necessária redução do consumo desses produtos.

“As pessoas que participam têm a oportunidade de aprender sobre o trabalho de reaproveitamento do pet. Por outro lado, temos a oportunidade de chamar a atenção para a destinação dos resíduos sólidos”, explica.

Para a confecção são utilizadas 48 garrafas pet com tampas. Cada participante leva seus vasilhames lavados, sem rótulo e com tampa para a oficina. Cada pufe tem capacidade para suportar até 150 quilos.

De acordo com o técnico em educação ambiental da Semmas, Joaquim Félix, além de resistentes os utensílios e mobiliários feitos a partir de pet são duráveis e podem gerar renda para as famílias.

Moradora do Val Paraíso, Rosigleide da Silva Pereira, 51, ficou entusiasmada com o resultado da oficina. “Consegui terminar o meu pufe com garrafas que juntei em casa e também dos meus vizinhos. Agora, esse tipo de resíduo não vai mais para o lixo na nossa comunidade”, afirmou ela, acrescentando que já recebeu até encomendas. A moradora diz fazer questão de participar dos cursos oferecidos este ano e vai convidar os vizinhos para as próximas oficinas.

Amazonianarede-Semcom

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.