Prefeitura de Manaus lança campanha de estímulo à leitura em parceria com Maurício de Sousa

(Reportagem: Leonardo Fierro – Foto: Altemar Alcântara / Arlesson Sicsú)

O Prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, lançou na manhã desta segunda-feira, 23, o projeto Quadrinhos na Escola, em parceria com o cartunista Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica.

O projeto tem como meta estimular a leitura entre os mais de 172 mil alunos do 1º ao 9º ano da rede municipal de educação, com a utilização de revistas em quadrinhos (gibis). O eventofoi realizado no auditório Eulálio Chaves, na Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

No lançamento do projeto, nesta manhã, Maurício de Sousa – que esteve acompanhado de dois de seus personagens, Mônica e Cebolinha – disse que ao longo de 50 anos da Turma da Mônica pode se certificar que os quadrinhos são uma boa estratégia para incentivar a leitura entre crianças e adolescentes. Maurício pediu ao prefeito Arthur Virgílio que leve o projeto para todo o Amazonas e para todo o país. “Acredito que essa ação pode revolucionar o ensino da leitura no país, é mais fácil quando aprendemos brincando”, disse Maurício de Sousa.

O prefeito Arthur Neto disse que o projeto, inédito, vai promover uma revolução na educação em Manaus e em todo o Amazonas. “O Maurício de Sousa, com os seus personagens, promete fazer uma revolução no ensino básico da nossa cidade e com certeza vai ser um exemplo para outros estados”, afirmou o prefeito, que tem como prioridade de sua gestão o investimento maciço na educação, tanto na parte da estruturação física da rede e qualificação dos educadores, como em novas metodologias capazes de trazer qualidade ao ensino praticado no município.

O projeto é uma estratégia didático-pedagógica do Programa Viajando na Leitura e vai distribuir, em todas as escolas municipais, 342 mil exemplares das revistas da Turma da Mônica. As revistinhas podem ser levadas pelos alunos para casa e depois devolvidas às bibliotecas. Nas salas de aula, os professores também vão desenvolver atividades de estímulo à leitura.
As revistinhas começam a chegar nas bibliotecas escolares a partir do mês de outubro.

Maurício de Sousa ficou encantando com os 150 alunos das escolas municipais Vicente de Paula e Maria do Carmo Rebelo, selecionadas por registrarem os maiores resultados junto ao IDEB – Indice de Desenvolvimento da Educação Básica. Durante a apresentação, Maurício de Sousa contou a história da criação dos personagens e respondeu a várias perguntas dos alunos. “É por meio da leitura que as crianças têm a compreensão do mundo e quando crio uma história, sempre estou buscando essa percepção de mundo, para proporcionar essa reflexão. Os personagens, assim como os leitores, cresceram e continuaram proporcionando essa reflexão, acompanhando a trajetória do seu público”, disse Maurício.

A ideia de usar o gibi como ferramenta pedagógica partiu do secretário municipal de Educação diante do grande déficit de leitura registrado nas escolas.

“Há alunos do 2º, 3º e até 4º ano que não sabem ler corretamente. Lembrei-me de quando era criança e como os gibis despertaram meu interesse pela leitura. Vi professores investindo na compra de gibis e incentivando o aluno a ler, diante disso criamos o projeto pioneiro em nosso país”, afirmou Pauderney.

Curumim

“O Curumim, do jornalista e cartunista amazonense Mario Adolfo, também fará parte do acervo de revistinhas do projeto. A história do pequeno aventureiro indígena, conhecido como o último herói da Amazônia, que este ano completou 30 anos, dará um ar mais regional ao projeto de leitura.

“O personagem do Curumim está preocupado com a floresta, com a preservação das árvores, do ar, com os animais. Temos um vilão que é um ecopirata. Em 1983, quando criamos a história ainda não havia essa preocupação com o meio ambiente e já tratávamos do assunto. Vai ser muito bom poder colaborar com a prefeitura nesse esforço de melhorar os índices da nossa educação”, afirmou Mario Adolfo.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.