Prefeitura de Manaus irá revitalizar Escola de Remo

Amazonianarede – Semcom

O Prefeito de Manaus em exercício, Hissa Abrahão, afirmou que a revitalização deve começar daqui um mês e meio e que as contas de água e luz a partir de agora serão de responsabilidade da Prefeitura.

Com as atividades paralisadas desde agosto de 2010 devido às obras na Ponta Negra para a Copa de 2014, a Escolinha de Remo recebeu uma boa notícia nesta sexta-feira, 15 de fevereiro: a Prefeitura de Manaus anunciou que irá revitalizar a área localizada na zona Oeste da Capital. A ações serão coordenadas pela Secretaria Municipal de Desporto, Lazer e Juventude (Semdej).

O prefeito em exercício Hissa Abrahão afirmou que as obras no local serão prioridade da nova gestão e que as construções devem iniciar daqui a um mês e meio.

“Nós estamos constatando que há aproximadamente 12 anos não há uma reforma e nenhum compromisso do poder público em ajudar os remadores. E hoje nós estamos assumindo publicamente este compromisso de ajeitar, reformar a estrutura e quem sabe até ampliar a área. Este é um local bonito, visitado por vários turistas e nós temos interesse em fazer este esporte voltar a gerar muitos e muitos campeões”, afirmou Hissa, ressaltando que a falta de energia e água na Escolinha serão sanadas.

O secretário municipal de esportes, Fabrício Lima, revelou que a Federação Amazonense de Triatlon está fechando parceria com a Federação Amazonense de Remo (FAR) e a Prefeitura de Manaus para usufruir da estrutura da Escola de Remo. O objetivo é aproveitar a revitalização para disponibilizar infraestrutura adequada aos amantes da corrida, natação e ciclismo.

“Vai ser possível aliar duas modalidades que são potência numa área propícia a isso, que é a Ponta Negra. Estamos estudando esta possibilidade, mas posso afirmar que vamos trabalhar em função disso para beneficiar ambos os esportes”, disse o Secretário.

Projeto de ampliação

O acordo feito entre Prefeitura e FAR num primeiro momento é a reforma da Escolinha de Remo. Com o projeto de ampliação do local, que deve ser entregue daqui a uma semana pelo arquiteto Almir Oliveira à Semdej, a entidade passa este planejamento a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Habitação (Seminfh) que irá sinalizar o andamento para a extensão do local.

Segundo Almir Oliveira, a proposta de ampliação prevê um miniauditório para cem pessoas, uma oficina de reparo de barcas, duas salas administrativas, sendo uma para o remo e outra para o triatlhon, além de uma área reservada para as bicicletas.

O presidente da FAR, Aristóteles Neto, comemorou a boa nova e afirmou que a revitalização será sinônimo de conquista para o esporte, pois com a sede nova será possível recrutar mais atletas e preparar aqueles que estão galgando disputas nacionais, como é caso de Elineuton Abreu e Diego Maia, que em março seguem para o Rio de Janeiro onde vão disputar seletiva para fazer parte da seleção brasileira.

“O remo merece está atenção, pois somente assim poderemos voltar ao topo. Estou muito feliz com o comprometimento do poder público e vamos entregar o mais rápido possível o projeto para que tanto a nossa modalidade, como o triátlon possam ter estruturas suficientes para revelar talentos”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.