Prefeitura de Manaus intensifica reposição de mudas nos corredores viários da cidade

15-01mudaA Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), intensificou o trabalho de reposição de mudas nos corredores viários da cidade, em áreas onde já foram realizados plantios e ocorreram perdas.

Atualmente, a reposição é realizada nos passeios públicos da Avenida Nathan Xavier Albuquerque, pista que margeia o Corredor Ecológico do Igarapé do Mindu e liga a Avenida das Torres ao Novo Aleixo.

Estão sendo replantadas 204 mudas ao longo dos passeios públicos das duas faixas da via, inaugurada em abril de 2013 pelo prefeito Arthur Virgílio Neto e entregue com 540 mudas de árvores e ciclofaixa.

O trabalho de reposição de mudas está previsto no Plano Diretor de Arborização da Cidade de Manaus e é intensificado no período chuvoso, que começa em meados de novembro e se estende até abril.

A reposição iniciada no último mês de novembro começou pela Estrada do São Jorge e avenida Coronel Teixeira, na zona Oeste, e Avenida Max Teixeira, na Cidade Nova, zona Norte. Haverá replantios também nas avenidas Torquato Tapajós, Mário Ypiranga, Djalma Batista, Costa e Silva, Ephigênio Sales, Grande Circular II, Autaz Mirim, Itaúba, Carvalho Leal e Camapuã.

As mudas são repostas nas vias de acordo com as demandas. Elas são plantadas com tamanhos que vão de 1,5m a 1,8 m. No caso da Nathan, a espécie utilizada no projeto de arborização é o pau-pretinho. Com essa ação, sobe para cinco o número de reposições de mudas realizadas naquele corredor viário, desde a inauguração. “O replantio é importante porque mantém a uniformidade das árvores e garante que haja a formação de corredores verdes. Agora, é fundamental contarmos com a colaboração da população para mantermos a muda em crescimento, já que, infelizmente, a grande maioria das perdas acontece por depredação”, afirmou a secretária municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Kátia Schweickardt.

Segundo o Departamento de Arborização da Semmas, em uma média de dois anos, é possível encontrar árvores com as copas já formadas, a exemplo de diversas mudas plantadas em 2013 e que já estão proporcionando sombra e conforto térmico aos transeuntes, motoristas e ciclistas que passam pelo local.

A diretora de Arborização, Rosemary Bianco, explica que a necessidade de reposição da arborização urbana está prevista no capítulo 6, seção 3, artigo 16 do Plano Diretor de Arborização Urbana de Manaus. No caso da Nathan Xavier Albuquerque, o trabalho também incluiu ações de coroamento e replantio de mudas ornamentais nos jardins dos canteiros centrais. A estimativa é de que na via o trabalho se estenda até o próximo dia 23.

Fonte: Semcom

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.