Pelo carioca, Vasco e Flamengo jogam no Raulino de Oliveira

Gramado do Raulino de Oliveira, o palco do clássico

Volta  Redonda, RJ Depois de uma semana de divergências, problemas de falta de segurança e a polêmica discussão sobre torcida única, Flamengo e Vasco se enfrentam neste sábado, às 17 horas, no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda.

Por conta do carnaval, a polícia alegou não ter condições de garantir a segurança do duelo no Rio, situação que causou uma indefinição sobre o local da partida válida pela semifinal em jogo único, da Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca.

Sem poder jogar na capital, com o Maracanã ainda sem condições e com o Engenhão sem policiamento para o fim de semana, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj) chegou a anunciar o jogo em Juiz de Fora, mas desistiu da ideia e confirmou a decisão para Volta Redonda.

A determinação de torcida única foi suspensa pela Justiça, o que possibilitará que vascaínos e rubro-negros assistam ao jogo no estádio.

Problemas à parte, o clássico tem ingredientes especiais. Atual bicampeão carioca, o Vasco detém uma invencibilidade de nove jogos para o rival, com seis vitórias e três empates. Porém, para a semifinal, o time cruzmaltino leva desvantagem. Por ter feito melhor campanha e terminado em primeiro no Grupo B, o Flamengo joga pela igualdade para avançar à final.
Outro impasse envolveu Luis Fabiano. O atacante chegou com festa ao Vasco e o presidente Eurico Miranda chegou a “escalá-lo” para o Classico com o Flamengo. Mas o centroavante, que está sem ritmo de jogo, nem viajou nesta sexta-feira para Volta Redonda.

Melhor estruturado, com a base de 2016 e novos contratados, o Flamengo não tem mistério para o duelo. Após poupar os titulares, exceto Alex Muralha, no empate sem gols com o Ceará, quarta-feira, o técnico Zé Ricardo tem o time ideal à disposição. Reserva e em tratamento de uma lesão no tornozelo, o centroavante Leandro Damião foi vetado.

Em seu melhor momento desde que foi contratado, em 2015, o centroavante peruano Paolo Guerrero tenta quebrar o jejum de nunca ter vencido o Vasco pelo atual clube. Com ele em campo, foram seis jogos, com quatro derrotas e dois empates, situação que causou uma provocação do clube vascaíno nas redes sociais em resposta ao jogador, que afirmou o Flamengo “ser sempre favorito”.

FLAMENGO X VASCO

FLAMENGO

Alex Muralha; Pará, Réver, Rafael Vaz e Trauco; Rômulo, Willian Arão, Mancuello e Diego; Éverton e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

VASCO
Martin Silva; Gilberto, Luan, Rodrigo e Henrique (Alan); Bruno Gallo, Jean, Guilherme Costa (Wagner) e Nenê; Kelvin e Thalles. Técnico: Cristóvão Borges

ÁRBITRO – Leonardo Garcia Cavaleiro
HORÁRIO – 17h
LOCAL – Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.