Passarinhos atacam pedestres nos centros urbanos de Palmas e S. Paulo

Vacilou leva bicada
Vacilou leva bicada
Vacilou leva bicada

Palmas/S, Paulo – Em Palmas, o contato dos homens com os animais é visível até mesmo no centro da cidade. Próximo a avenida Juscelino Kubitschek, uma das mais importantes da capital, pássaros pretos dividem espaço com os pedestres, que são atacados quando menos esperam.

Apesar do susto, quem passa pelo local não se preocupa com os voos rasantes e ataques das aves, como conta o comerciante George Hamilton. “Acho bom, dá um visual melhor a presença deles. Você não vê isso nas grandes capitais, por causa da poluição, dos prédios, do asfalto. Aqui não, você vê ele sempre.”

O biólogo Túlio Dormes diz que os ataques dos pássaros fazem parte do comportamento natural do animal. “Provavelmente, eles estão em período de reprodução e, nessa região, estão com ninho. Eles identificam nas pessoas possíveis predadores e atacam na intenção de afastar o máximo possível [o predador]”, diz, explicando que o ataque é praticamente inofensivo. “Não vai trazer mal à pessoa, tem que ter um pouco de paciência e bom humor para se passar bem nessa situação.”

Em outro ponto da capital, no Parque Cesamar, as capivaras fazem parte do cenário natural. E para que humanos e animais convivam harmoniosamente, a veterinária Grasiela Pacheco dá a dica. “Esses animais, são animais silvestres de vida livre, então, a gente não pode querer pegar, passar a mão, dar comida.”

O biólogo diz ainda que é preciso manter a distância, no caso de animais silvestres, porque eles podem morder e, nesse ataque, a pessoa pode contrair uma doença.

A fera, pronta para atacar de bico
A fera, pronta para atacar de bico

“O mais importante é entender que a cidade está sofrendo uma transformação continuada em que a vegetação nativa está transformando devido ao processo de urbanização. Esses contatos com animais vão ser frequentes. Então, é manter a distância e, no caso de perigo iminente, chamar as autoridades cabíveis.”

Essa mesma situação está sendo vida na maior capital do Pai,s São Paulo, com os passarinhos, conhecidos como tico-tico, atacando pedestres, numa região, onde os passarinhos aparecem em larga escala, devido estarem na época do escalamento,m segundo os biólogos.

O problema, é que mesmo sofrendo os ataques, ninguém pode atacar essas aves, levando em consideração quem agredi-las essas estará cometendo crime, por isso, não revide as bicadas

Amazonianarede-TV Anhanguera

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.