ONS: manutenções em subestações estão em dia, mas defeitos acontecem

Hermes Chipp

Hermes Chipp

Em entrevista ao Bom Dia Brasil, o diretor-geral do Operador Nacional do Sistema (ONS), Hermes Chipp, tentou explicar o apagão ocorrido ontem à noite em várias regiões do país, afirmando que “defeitos acontecem”, apesar de os equipamentos das subestações estarem em perfeitas condições. Segundo ele, as manutenções nesses equipamentos estão em dia.

“Embora faça manutenção, esses defeitos acontecem. Podem não ser frequentes, mas acontecem. Equipamentos estão sujeitos a defeitos. Em muitos casos, é feita manutenção preventiva, mas pode acontecer”, afirmou Chipp.

Uma pane em um transformador de Furnas, em Foz do Iguaçu, no Paraná, provocou a interrupção no fornecimento de energia em partes das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, mais os estados de Rondônia e Acre.

De acordo com o ONS, a pane gerou perda de carga na Usina de Itaipu, que enviou imediatamente um pedido de alívio para as distribuidoras de energia.

No Rio de Janeiro, o apagão deixou alguns bairros da capital fluminense e municípios da Baixada Fluminense e da região metropolitana, como Niterói e São Gonçalo sem energia.

Segundo a assessoria da Ampla, que atende as cidades de Niterói, São Gonçalo e da Região dos Lagos, a interrupção no fornecimento começou às 20h55. Em 80% das cidades cobertas pela Ampla, a falta de energia durou aproximadamente 15 minutos e, nas demais, a interrupção foi por cerca de 30 minutos. A energia foi totalmente restabelecida pouco antes das 21h30.

Na área da Light, a queda de energia atingiu algumas subestações do município do Rio, além de Nova Iguaçu, Itaguaí e Seropédica, na Baixada Fluminense. A interrupção no fornecimento não chegou a atingir a zona sul da capital fluminense e o centro financeiro do Rio.

Em Minas Gerais, a Cemig informou que a falta de luz atingiu vários municípios do estado, entre eles Sete Lagoas, Uberaba, Patos de Minas, Uberlândia, Lavras, Caxambu e Ribeirão das Neves.

No Paraná, alguns bairros de Curitiba também sofreram com a interrupção no fornecimento de energia.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.