Omar apresenta projetos de mobilidade urbana em Brasília

O governador do Amazonas, Omar Aziz, reuniu-se nesta terça-feira, dia 6 de agosto, em Brasília (DF), com a ministra do Planejamento, Míriam Belchior, e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, para apresentar novas propostas para melhoria da mobilidade urbana em Manaus.

Os projetos, elaborados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), priorizam a mobilidade com foco no transporte público, abertura de novos corredores viários e ampliação de avenidas na capital.

“Trouxemos os novos projetos que vão ajudar muito a melhoria da mobilidade em Manaus, que agora serão analisados, projeto a projeto, pelo Ministério do Planejamento e a presidente Dilma Rousseff, e veremos o que será disponibilizado para o Estado do Amazonas. São várias intervenções que estamos pedindo. Se parte disso sair, vai ajudar muito na mobilidade urbana dentro da cidade de Manaus”, frisou Omar Aziz.

As propostas têm investimentos estimados em R$ 800 milhões e serão analisadas pelo Governo Federal como parte dos projetos que estão sendo avaliados para o Pacto Nacional pela Mobilidade. Entre as novas propostas do Governo Estadual para a mobilidade em Manaus, está a construção de complexos viários interligando as zonas leste a oeste da capital, um novo complexo para facilitar o fluxo na saída da ponte Rio Negro e outro entre os bairros da Chapada e Parque das Laranjeiras, zona centro-sul. Entre as propostas estão ainda os corredores viários da Avenida do Futuro, da Colônia Antônio Aleixo e dos Franceses, além da interligação da BR-174 com a avenida do Turismo.

Na reunião, que contou com a presença do prefeito de Manaus, Arthur Neto, e das secretárias estaduais de Governo, Rebecca Garcia, e de Infraestrutura, Waldívia Alencar, Omar Aziz também pediu atenção do Governo Federal para atender ao projeto da Fundação Nacional de Saúde (Funasa) na área de saneamento básico no interior do Estado, que deve beneficiar 26 municípios com abastecimento de água e melhoria no saneamento básico. O projeto deve atender, principalmente, a região do Purus para combater incidência de doenças como hepatites.

“Existe um trabalho sendo feito pela Funasa, em relação ao abastecimento de água, e a gente pode ser contemplado. Estamos trabalhando em cima disso. É muito importante para melhorar o abastecimento de água dos municípios do interior, não só para beneficiar pessoas com agua potável, mas principalmente para não adquirir doenças. Tem um diferencial muito grande”, destacou.

(Foto: Alex Pazuello – Agecom)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.