O cúmulo

Sem noção – O deputado federal Sabino Castelo Branco(PTB), que responde a processo na justiça eleitoral e pode perder o mandato a qualquer momento, vem demonstrando no mínimo insensatez, ao atacar o recém empossado prefeito Arthur Neto, em seu programa de TV e com isso causando indignação em muita gente. Ora, deputado, o prefeito atual assumiu há exatos 13 dias e não possível construir viadutos, ruas, creches e outras obras em tão curto espaço de tempo. Mas para quem conhece o perfil deste político, esta atitude não desperta nenhuma surpresa.

Samsumg sem assistência – Uma leitora do Portal Amazonianarede denuncia que, há pouco menos de um ano, comprou uma câmera fotográfica da marca Samsumg e a mesma teve um componente que apresentou defeito. Ela procurou a assistência técnica autorizada, que fica na Av. Djalma Batista. Para sua surpresa foi informada que, mesmo com o produto na garantia, não seria possível fazer a troca da peça, pois a mesma deixou de ser fabricada. Se ela quizesse poderia deixar a máquina para uma avaliação que levaria 15 dias e ela teria que pagar R$ 20, por mais que o serviço não fosse realizado. Um absurdo que as empresas ainda cometem contra os consumidores. Proconeles já e vergonha na cara.   

Arrogância pura – Uma adolescente brasileira(16), está detida desde novembro num abrigo nos Estados Unidos (Miami), mesmo com visto de turista e sendo recebida pela tia, que mora lá. A justificativa dos americanos é que faltou um documento para a jovem ficar sob a responsabilidade da irmã da mãe. Enquanto isso, nós aqui temos que continuar vendo americanos chegando em aeroportos do país, de bermuda e camiseta, bêbados e fedorentos,ainda somos obrigados a falar a língua deles, com a permissão do governo. Um demonstração de arrogância pura desta raça que se acha superior. Até quando?

À céu aberto – A construção de uma quadra de esportes, no colégio Fametro da Avenida Constantino Nery está tirando o sossego de moradores e de pessoas que passam pela rua, em direção à Avenida Djalma Batista. Como mostram as imagens, as águas servidas são jogadas diretamente na calçada, deixando um rastro de sujeira prá todo lado. O pior é que pagamos uma taxa de esgoto absurda, de 100% do valor da conta de água, sem termos em Manaus este tipo de serviço: coleta e tratamento de esgoto. Além disso existe um mistério. Entra prefeito e sai prefeito, sem que ninguém tenha coragem de resolver esta situação. Quem paga é o contribuinte manauara, só prá variar.

Sérgio Costa
Da Redação 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.