No primeiro Rio x Nal do ano, deu Naça: 2 x 0

Amazonianarede – Portal Acritica.com – Redação

Manaus – A partida começou movimentada e com o Nacional tendo um desempenho bem melhor nos 10 primeiros minutos do jogo. Aos 12 minutos , o atacante Leonardo recebeu a bola na grande área e sem marcação, mandou em cima do goleiro do Rio Negro, Nelsinho. No rebote, a bola acaba nos pés do meia Felipe que chuta pra fora. Dois minutos depois, o Rio Negro ataca pela primeira vez. O meia Paca, invade a grande área pela direita e assusta os torcedores do Nacional com um chute forte que percorreu toda a pequena área.
Mais disposto, o Rio Negro voltou a atacar. Maranhão se livra da marcação, invade a grande área e chuta forte. O goleiro Marcelo Luna salva o Nacional espalmando a bola para fora.

Aos 25 minutos, surpreendendo a marcação do Nacional, o atacante Fernando chuta forte de fora da área e acerta a rede do lado de fora. O Nacional volta a acordar no jogo, mas sem eficiência, a bola não chega ao gol. Somente aos 40 , o meia Felipe deu trabalho ao goleiro do Rio Negro. Ao receber uma bola na grande área, o jogador chutou sutilmente no canto superior direito, obrigando o goleiro Nelsinho a defender com as pontas dos dedos mandando a bola para fora.

Gols, só no segundo tempo

Com a volta das equipes para a segunda etapa, o azul mostrou superioridade e venceu a partida por 2 x 0.

Público volta ao estádio

Além da atração da preliminar, onde jogadores como Campos, Edu, Renato, o zagueiro Paulo Galvão, entre outros, outra marca do primeiro clássico do Campeonato Amazonense de Futebol Profissional, foi a volta da torcida ao estádio.

Público lotou o Estádio do Sesi

Estimativas da Polícia Militar mostram que mais de dez mil torcedores, tanto do Rio Negro, como do Nacional lotaram as arquibancadas.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.