Nacional busca empate com Remo mas é eliminado da Copa Verde, na abertura da Arena da Amazônia

Manaus – O Nacional Futebol Clube e o Remo, os dois Leões do Norte, duelaram na noite deste domingo (9), na inauguração da Arena da Amazônia Vivaldo Lima.

O time do Pará empatou com o Naça por 2 x 2 em um jogo tomado pela emoção do público.

O jogo entre o Nacional e o Remo começou equilibrado, com os dois times arriscando e tendo boas chances. Os times ousaram em lances nos respectivos contra-ataques. O primeiro cartão amarelo do jogo foi para o jogador do Naça, Negreti. A torcida nacionalina vibrava e gritava com palavras de incentivo a cada passe de bola dos jogadores.

Aos 37 minutos, o zagueiro do time paraense Max marcou de cabeça o primeiro gol da partida. Apesar do esforço dos jogadores do time amazonense, o goleiro remista fez belas defesas. Em poucos minutos do segundo tempo, o Remo ampliou novamente com Max sobre o Nacional, que voltou ao campo adotando uma tática mais ofensiva.

Mesmo com dois gols de diferença, o Naça aproveitou as oportunidades e virou o placar contra o adversário. Jefferson Recife marcou o primeiro e Nando empatou a partida.

Com o resultado, o Nacional foi eliminado nas quartas de final da Copa Verde. No final da partida, foi entregue dois troféus pela participação dos clubes na abertura Arena da Amazônia.

Números oficiais

Estiveram presentes na partida inaugural da Arena, 23.034 pessoas, sendo 3.034 em serviço e 10 mil em doações e 10 mil pagantes. A renda bruta do jogo foi de R$443.750,00.

Texto: Acritica.com – Foto: Reprodução

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.