Movimento Indígena do Amazonas pede ao governador mudanças na SEIND

Indígenas predem mudanças na SEIND
Indígenas predem mudanças na SEIND
Indígenas predem mudanças na SEIND

Amazonas – O Movimento Indígena do Amazonas mobilizará, no próximo dia 10, mais de dez mil indígenas na sede do Governo, em Manaus, para exigir ao governador José Melo mudanças profundas na Secretaria de Estado para os Povos Indígenas (SEIND). A mobilização terá início às 7h.

Entre as reivindicações, está a saída do atual secretário José Bonifácio Baniwa e a indicação de Raimundo Atroari para assumir a pasta.

A mobilização terá como tema: ‘O Amazonas mostrando sua cara indígena’ e representará o anseio de 66 povos, abrangendo mais de 168 mil pessoas em todo o Estado.

“Nós temos certeza de que podemos construir uma nova realidade dos povos indígenas. Nós sabemos da diversidade dos nossos povos e estamos lutando pela união e conquistas dos nossos direitos junto ao poder público, já que hoje isso não vem acontecendo com esta administração que está há mais de dez anos nos deixando à mercê de políticas públicas que não acontecem na prática e não atendem a necessidade das bases de nossos povos”, afirmou Raimundo Atroari.

De acordo com Kaynã Munduruku, a incerteza do futuro da Secretaria tem trazido aflição aos povos indígenas e indignação diante das inércia que o atual governo vem assumindo nos primeiros seis meses de mandato. “Não sabemos hoje se a SEIND será extinta, se vai continuar, etc… nós gostaríamos que o governador se posicionasse, pois já vamos para seis meses de expectativa e nada de concreto foi feito neste sentido. E nós, que estamos junto à base dos nossos povos, no meio da floresta amazônica, é que sabemos da real necessidade dos nossos parentes. Principalmente nas áreas de alagamento onde não tem absolutamente nada do governo do estado para os nossos povos”, destacou.

Quando questionada por parte do governo sobre a legitimidade do movimento dos povos, Kaynã afirma que “tudo o que eles pediram de documentação que legitime a representação e o apoio das bases foi apresentado, de todas as calhas, enfim, todas as provas de que este é realmente o anseio dos povos indígenas amazonenses foram amplamente apresentadas”.

Carta ao Governador

A intenção da mobilização do dia 10 de junho é que os representantes dos povos indígenas sejam recebidos pelo governador José Melo na sede do governo e recebam pessoalmente uma decisão que ditará o futuro das políticas indígenas praticadas por este governo. Para isto, o Movimento Indígena do Amazonas redigiu uma carta de intenções que será entregue nesta ocasião ao governador.

Entre as exigências da ‘Carta das Reinvindicações dos Povos Indígenas do Amazonas’, está a saída do atual Secretário da SEIND, José Bonifácio Baniwa; a nomeação de Raimundo Atroari para assumir a secretaria; e a criação de uma agenda para a realização da III Conferência Estadual de Política Indigenista.

Amazonianarede-MIA

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.