Modelo ZFM atraiu atenção internacional na feira de agronegócios

O modelo ZFM, despertou interesse internacional, na Feira

 

O modelo ZFM, despertou interesse internacional, na Feira
O modelo ZFM, despertou interesse internacional, na Feira

Porto Velho,RO – Um modelo que une a preservação ambiental com a fabricação de produtos de alta tecnologia, a Zona Franca de Manaus (ZFM) é constantemente foco da atenção nacional e internacional. Durante a 5ª Rondônia Rural Show não está sendo diferente.

Além de estudantes e investidores brasileiros, diplomatas e representantes de países presentes ao evento estão procurando o estande da SUFRAMA para saber informações detalhadas sobre o funcionamento do modelo.

O fato da próxima edição da Feira Internacional da Amazônia (FIAM) estar programada para o ano do 50º aniversário da ZFM também está despertando expectativas nos estrangeiros.

A ministra conselheira de negócios do Zimbábue, Netal Loice Magade, fez perguntas minuciosas aos técnicos da autarquia sobre a operacionalização de incentivos fiscais, impactos socioeconômicos e a logística da entrada de insumos e saídas dos produtos manufaturados na região coberta pelo modelo ZFM.

“A economia do Zimbábue é muito dependente da agricultura e da mineração. Com as informações que obtive, vou me reunir com o governo do meu país para defender a proposta de criação de uma zona franca nos moldes da de Manaus”, explicou Magade.

O presidente da Câmara de Comércio Afro-Brasileira (Afrochamber), Rui Mucaje, se disse impressionado com os números alcançados e com as especificidades da ZFM.

O angolano, responsável por uma associação que reúne mais de 30 países africanos, fez questão de elogiar a participação do modelo na preservação ambiental da floresta amazônica. “Achei interessante o fato de que a ZFM está se voltando agora mais para a exportação e não se contentando apenas com o mercado doméstico brasileiro”, observou.

FIAM

Técnicos da SUFRAMA também estão aproveitando a presença das delegações diplomáticas internacionais presentes à Rondônia Rural Show para articular a participação dos respectivos países da FIAM 2017.

“Já contatamos os representantes de nove países. Eles demonstram muito interesse quando são informados de que a Feira será realizada no aniversário de jubileu da ZFM”, salienta o administrador Diego Forero, da Coordenação Geral de Comércio Exterior da SUFRAMA.

Interesse do Equador

Um dos países que demonstrou interesse em participar da FIAM 2017 foi o Equador. O ministro da Embaixada do Equador no Brasil, Santiago Chaves Pareja, ressaltou que o país veio especialmente para a Rondônia Rural Show para expor as vantagens da rota Manta-Manaus como um trajeto mais curto para o Pacífico.

O diplomata afirmou, também, que pretende participar de debates sobre logística na região. “A meta é que em março de 2017 já ocorra a primeira viagem utilizando a rota Manta-Manaus”, frisou.

A Rondônia Rural Show, que está sendo realizada no Parque de Exposições Hermínio Victorelli, em Ji-Paraná (RO), no período de 25 28 de maio.

Amazoninarede-Acom/Suframa

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.