Missa abriu oficialmente o Círio 2012

Belém – Um coro de Ave Maria em frente à Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré sinalizava que a noite era especial. Está aberta oficialmente a quadra nazarena, em Belém. O coral abriu o caminho por onde entraram o Arcebispo Metropolitano, o Governador Simão Jatene, a Diretoria do Círio e autoridades religiosas e civis. Com o templo cheio e silêncio solene, Dom Alberto Taveira se ajoelhou no altar. Momento de respeito e emoção. A benção e a consagração. Hoje já é Círio. Temporada de paz, fé e renovação e em cinco dias a grande procissão.
Uma cerimônia simples, mas repleta de expectativa e surpresas. Ao suntuoso som do órgão e de voz lírica, pairou na igreja um clima angelical, pacifico e esperançoso. Para Dom Alberto, um momento a ser valorizado. “Posso dizer sem medo de errar que esse é o maior tesouro do nosso Estado. Peço que nenhum de nós venhamos a fraquejar e agradeço a todas as autoridades aqui presentes”, disse.

Após a consagração dos próximos dias a Maria, houve a inauguração das luzes da Basílica Santuário e dos Arcos do Círio. Gradualmente elas acendiam, uma a uma, mostrando que o Círio havia começado. Centenas de fieis acompanhavam de perto e aplaudiram. Brancas, amarelas, azuis e verdes. Quem passar pela avenida Nazaré, já vai notar a claridade que vem do templo.

A festa dos paraenses ganhou um novo presente. A Memória de Nazaré. Uma espécie de museu expositor foi inaugurado, dedicado à fé do povo, ao lado da Casa de Plácido, dentro do Arraial de Nazaré. A curadora Rosa Arraes tentou resumir a história do Círio naquele espaço. “Foi um trabalho de apenas três meses, mas busquei retratar os símbolos e a devoção do povo”, revela.

Pedidos de orações, terços, fardas, promessas, mantos. Tudo o que um dia foi usado para servir o Círio, tem um lugar alí. O espaço ficará aberto o ano inteiro, de terça a domingo para visitação.

HOMENAGENS

Conhecida a Memória de Nazaré, foi hora de agradecer a todos que colaboraram para que hoje tudo esteja pronto. A Diretoria da Festa prestou homenagens às instituições e empresas parceiras e patrocinadoras e presenteou cada um com uma medalha de ouro com a imagem de Nossa Senhora de Nazaré.

Na ocasião foram premiados também os três estudantes vencedores da XVIII Concurso de Redação do Círio. Em terceiro lugar, Juliana Murakami, do Colégio Olimpus, ganhou R$600 e um microsystem. Em segundo lugar, Débora Lima, da Escola Tenente Rêgo Barros, ganhou R$1000 e um televisor. E a grande vencedora foi a aluna da Escola Estadual Visconde de Souza Franco, Sarah Luiza Brandão, que ganhou R$2000, um microcomputador e teve sua redação exposta no espaço Memória de Nazaré. “Estou muito feliz porque escrevi sobre uma mensagem que acredito e por ver o nome de uma escola pública premiada”, declara.

(Diário do Pará)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.