Maycon “Boca” conquista cinturão dos moscas do 1º Fight of Champions

(Amazonianarede – Sejel)

O lutador amazonense Maycon Silvan, o “Boca”, conquistou o título do peso mosca (até 57 kg) do 1º Fight of Champions, realizado na noite de sábado, 24 de agosto, no ginásio do Sesi, em Natal.

O manauara da equipe WL/Nova União/Parque 10 venceu o potiguar Felipinho por decisão dividida dos juízes. Outro atleta do Amazonas que brilhou na competição foi Anderson Pinheiro (Jorge Clay/Nova União/Dom Pedro), que na disputa dos médios (até 77 kg) venceu Bruno Boxe (Natal) por decisão dividida. Ambos os atletas são apoiados pelo Governo do Amazonas e viajaram para o torneio com passagens aéreas cedidas pela Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (Sejel).

Para o secretário executivo da Sejel, Anderson Souza, os resultados do fim de semana tanto no Jungle Fight 56 (Mário Israel faturou o cinturão dos galos) quanto em Natal são frutos da política adotada pela gestão Omar Aziz na área do esporte.

“O diferencial do Governo do Amazonas tem sido investir nos atletas que estão despontando, oferecendo passagens aéreas e a estrutura multidisciplinar do Centro de Treinamento de Alto Rendimento da Amazônia. Os resultados estão aparecendo e deixando o Estado cada vez mais em evidência no cenário nacional e internacional do MMA”, afirmou Anderson Souza, que entende do assunto: é faixa marrom da Associação Monteiro de Jiu-Jítsu.

MAYCON BOCA X FELIPINHO

Na primeira luta de disputa de cinturão da noite, Maycon “Boca” enfrentou Felipinho (Pitbull Brothers) na disputa de cinturão até 57 quilos. Com o início marcado por uma rápida troca de golpes, Maycon garantiu a queda e partiu para o ground and pound, conectando importantes golpes e buscando as finalizações, todas defendidas por Felipinho. O atleta da Pitbull Brothers, aliás, acabou o round por cima, aplicando alguns golpes sem tanta efetividade.

No segundo round, Maycon tentou intimidar Felipinho com um chute, mas o atleta de Natal grampeou e levou a luta para o chão, onde teve mais vantagem ao encaixar os golpes. Com o jiu-jítsu em dia, ambos inverteram as posições diversas vezes.

Em pé, Maycon, ligeiramente melhor no gás, conseguiu mais potência nos golpes, principalmente nos cruzados de direita, que refletiram em um ferimento no orbital de Felipinho.

No assalto final, Boca aproveitou o cansaço de Felipinho e conseguiu boas sequências de socos, essencialmente os cruzados de esquerda. Em contrapartida, o atleta da Pitbull Brothers trabalhou os chutes e defendeu as iniciativas de Maycon em levar a luta para o chão. Por decisão dividida, Boca levou o cinturão para casa.

ANDERSON PINHEIRO X BRUNO BOXE

Anderson Pinheiro e Bruno “Boxe” (Kimura Nova União) travaram o sexto combate da noite em uma luta morna, com inúmeras intervenções do árbitro pedindo mais combatividade. Enquanto o atleta de Manaus buscava a luta de chão, bloqueando as iniciativas do lutador da “casa”, Bruno aproveitou os poucos momentos de curta distância para golpear com contundência o oponente.

Apesar de buscar mais o combate, Boxe teve o jogo anulado pelo adversário, que não deixou o atleta trabalhar o seu background da luta em pé acabou levando a luta por decisão dividida após uma polêmica. No anúncio do vencedor, os papéis que definem o corner foram trocados e o resultado acabou dando a vitória para Boxe, posteriormente corrigida pela organização.

1º Fight of Champions

Data: 24.08.2013
Local: Ginásio do Sesi, Natal (RN)

RESULTADOS

Fernandinho “Predador” (Hikari) venceu Grafite (Toca dos Cavernas) por decisão unânime dos árbitros;
Gleyson “Mão Dura” (Kimura Nova União) nocauteou Frank “Boy” (Equipe Fábio Pires) no 1R;
Iago Gomes (BFC) venceu Nininho (Kioto) por decisão unânime dos árbitros;
Diego “Pirata” (Kimura Nova União) venceu Hugo Nogueira (Original Cage) por finalização (armlock) no 1R;
Anderson “Leão” Salustiano (Hikari) venceu Júnior Samurai (Kioto) por decisão dividida dos árbitros;
Anderson Pinheiro (Jorge Clay/Nova União/Manaus) venceu Bruno “Boxe” (Kimura Nova União) por decisão dividida dos árbitros;
Maycon “Boca” Silvan (WL/Nova União/Manaus) venceu Felipinho (Pitbull Brothers) por decisão dividida dos árbitros;
Anderson “Fala Mansa” Queiroz (Hikari) venceu Severo “Aranha” (Nova Aliança) por decisão unânime dos árbitros.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.