Mauricio Macri vence eleições na Argentina

Macri venceu, mas vai precisar negociar para governar
Macri venceu, mas vai precisar negociar para governar
Macri venceu, mas vai precisar negociar para governar

“É um dia histórico, uma mudança de era que vai ser maravilhosa”, afirmou Mauricio Macri, dirigindo-se aos seus apoiantes, depois de o seu rival, Daniel Scioli, candidato da coligação Frente para la Vitoria que é apoiado pela chefe de Estado cessante, Cristina Kirchner, ter reconhecido a derrota.

“Estou aqui porque vocês decidiram”, realçou Macri, visivelmente emocionado e que, diante de mais de sete mil pessoas, agradeceu aos seus apoiantes por terem “acreditado que juntos” podem construir a Argentina sonhada.

Trinta e dois milhões de argentinos foram chamados a votar na segunda volta das presidenciais, depois de na primeira volta, a 25 de outubro, Daniel Scioli ter obtido 37,08% dos votos e Mauricio Macri 34,15%.

Na Argentina, onde se realizou pela primeira vez, desde a reforma eleitoral da década de 70, uma segunda volta nas eleições presidenciais, o voto é obrigatório.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.