Material escolar pode ser até 500% mais caro de uma loja para outra, no Amapá

21-01amapaA pesquisa foi feita em estabelecimentos comerciais de Macapá e Santana, distante 17 quilômetros da capital. A relação de materiais envolve mais de 50 itens.

Uma pesquisa realizada entre os dias 14 e 16 de janeiro pelo Instituto de Defesa do Consumidor no Amapá (Procon-AP) revelou que o preço do material escolar pode sofrer variação de até 500% no preço de uma loja para outra. A pesquisa foi feita em estabelecimentos comerciais de Macapá e Santana, distante 17 quilômetros da capital. A relação de material envolve mais de 50 itens.

De acordo com Renilda Costa, diretora interina do Procon Amapá, a pesquisa é apenas mais uma das ferramentas que o consumidor pode usar para proteger o seu bolso. “O Procon realiza semestralmente a pesquisa de preços, que serve não só para coibir os abusos, mas também para auxiliar o consumidor na escolha da loja e da marca dos produtos. Mas, na corrida para gastar menos, vale também que o consumidor recorra a outras medidas, como por exemplo, unir-se a outros pais para aumentar o volume da compra e, consequentemente, o percentual de descontos”, exemplificou Renilda.

Entre as variações de preço nas lojas de Macapá e Santana, a tabela mostra que os produtos chegam a ser superiores a 500% de uma loja para outra, como é o caso do apontador Tris, que em uma loja custa R$ 0,10, e em outra, R$ 0,70, diferença de 600%.

Fonte: Diário do Amapá

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.