Maratona Aquática Amazonas consagra nadadores da casa e uma roraimense na Ponta Negra

(Foto: Emanuel Mendes Siqueira – Sejel)

Os amazonenses Matheus Andrade (3 km) e Jefferson Mascarenhas (1,5 km), além da roraimense Flávia Cantanhede (3 km) foram os principais destaques da 1ª Maratona Aquática Amazonas, neste domingo, 17 de novembro, na praia da Ponta Negra, Zona Oeste de Manaus.

A prova foi uma realização da Aquática Amazonas, com apoio do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado da Juventude, Desporto e Lazer (SEJEL), e Prefeitura de Manaus.

A titular da SEJEL, Alessandra Campêlo, e o secretário executivo da pasta, Anderson Souza, participaram do evento e entregaram os prêmios do absoluto masculino e feminino.

Matheus Andrade teve a honra de disputar a prova de 3 km do masculino absoluto ao lado de Luiz Lima, o Rei do Mar, que nadou como convidado VIP e não disputou a premiação. Melhor atleta da natação amazonense em 2012, Matheus provou que também manda bem em águas abertas, deixando o segundo lugar com Felipe Ribeiro (Nilton Lins) e o terceiro com Flávio Monteiro (Roraima). Os três primeiros colocados receberam R$ 1,5 mil, R$ 1 mil e R$ 500, respectivamente.

“A Maratona Aquática Amazonas foi excelente, bem sinalizada, com pouca marola e isso foi bom para os nadadores. Treinei bastante para conquistar esse resultado e agora me preparar para o próximo desafio, que é o Mundial Escolar no fim do ano”, disse o campeão.

Na disputa dos 1,5 km, prevaleceu a experiência da lenda Jefferson Mascarenhas, de 47 anos. O atleta da Nilton Lins foi absoluto e deixou os mais novos para trás, faturando mais um título para sua galeria de conquistas em maratonas aquáticas no rio Negro.

RORAIMENSE FAZ A FESTA

Na disputa absoluta feminina dos 3 km, melhor para Flávia Cantanhede, 19, da Aquática Marinho, de Roraima. Ela tem 13 anos de experiência nas piscinas, onde se destaca nas provas dos 100m e 200m peito. Foi a primeira vez que a ilustre visitante disputou uma prova em águas abertas.

“Nunca tinha caído aqui nas águas do rio Negro, foi uma experiência absolutamente nova, uma aventura que eu queria viver. Estou muito feliz com esse resultado e pelo convite do Pierre (Gadelha, organizador da prova)”, disse ela, elogiando os realizadores. “A maratona aquática foi excelente em termos de organização, estrutura, participação de atletas, sinalização, premiação. Enfim, eu parabenizo toda equipe que trabalhou para o sucesso do evento”.

O pódio foi completado por duas amazonenses: Vitória Santa Rita (Aquática Amazonas) e Stephany Rodrigues (La Salle).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.