Manaus vira capital da Paraíba em escolas do Rio

Rio – Apostilas, utilizadas na rede pública municipal, em substituição aos livros didáticos, foram distribuídas para 56.420 alunos do 5º ano do ensino fundamental com uma série de erros sobre a geografia do Nordeste; aos estudantes do 7º ano, livros apresentam a cidade de Milão como sede do império Romano em vez de Roma; o governos de Sérgio Cabral e Eduardo Paes, ambos do PMDB, disseram que a “confusão” foi corrigida por errata.

Manaus é a capital do Amazonas. Mas não se surpreenda se estudantes do Rio de Janeiro discordarem. Apostilas usadas pelos 56.420 alunos do 5º ano do ensino fundamental foram impressas e distribuídas para escolas com erros sobre as capitais do país.

Nos dois primeiros Estados indicados –Pernambuco, cuja capital é Recife, e Paraíba, cuja capital é João Pessoa– há equívocos. Um terceiro erro está na sigla do Estado da Paraíba– está PA (que é a sigla do Pará) e não PB.

Segundo a SME (Secretaria Municipal de Educação), a confusão na confecção do material didático foi corrigida por um errata encaminhada para todas as escolas da rede. Mas o material contém outros erros.

Na apostila de história utilizada no 1º bimestre letivo de 2013 pelos alunos do 7º ano da rede municipal, um texto que explica o fim do Império Romano do Ocidente apresenta a cidade de Milão como sede do império em vez de Roma.

A rede pública municipal do Rio utiliza as apostilas em substituição aos livros didáticos. Quem produz o material são professores da Secretaria Municipal de Educação.

A secretaria informou, em nota, que a versão final é supervisionada pela professora Sueli Druck, do Instituto de Matemática da UFF (Universidade Federal Fluminense).

(Brasil247) 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.