Macapá: Força-tarefa é criada pra limpar a cidade

Amazonianarede – Diário do Amapá

O atual cenário que depõe contra a beleza da “Capital do Meio do Mundo” será modificado nos próximos dias. Pelo menos foi esse o entendimento entre a diretoria da empresa Clean Gestão Ambiental e o secretário de manutenção urbanística Eraldo Trindade.

Eles estiveram reunidos ontem pela manha no gabinete do secretário onde uma força-tarefa foi anunciada. A meta é limpar a cidade antes do Natal e Ano Novo. Além do lixo doméstico, o acordo celebrado garante a retirada de entulhos – o que não é competência do município. Ainda no dia de ontem os caminhões coletores, caçambas e até um guindaste iniciaram os trabalhos.

A força-tarefa percorrerá os 62 bairros de Macapá 

A ação conjunta iniciou na manhã de quinta feira, com o recolhimento do lixo em locais com maiores aglomerados, como foi o caso da limpeza na área do Zelito. “A empresa reuniu conosco, e garantiu nove caminhões na cidade, além da contratação de caçambas que realizarão o trabalho de recolhimento do lixodomiciliar em áreas com grande aglomerado de resíduos. Outra equipe está atuando na limpeza de áreas com enormes quantidades de entulhos, mesmo esse trabalho não sendo de responsabilidade da prefeitura”, disse o secretário Eraldo.

A equipe da Semur, coordenada pela fiscal de postura, Cristiana Zimeras, ainda realizou uma ação no final da tarde de ontem, no Centro Comercial de Macapá, multando proprietários de estabelecimentos que colocam lixo em calçadas.

“Esse lixo comercial não é de nossa responsabilidade. Recolhemos apenas resíduos domiciliares”, alertou Zimeras.

O supervisor financeiro da Clean, Samuel Oliveira, disse que “não estava autorizado pela empresa” a falar sobre a dívida que a prefeitura possui com ela, porém, garantiu que os trabalhos ocorrerão regularmente até o fim do contrato, que encerra no próximo dia 22 deste mês. Samuel ainda alegou que a empresa não estava operando normalmente até a última semana por conta de problemas exclusivamente técnicos, e não financeiros. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.