Leilão da Alfândega rende mais de R$ 600 mil

(Reportagem: Fernanda Brioso – Ascom, RF-AM)

O leilão eletrônico foi realizado pela Alfândega da Receita Federal no Porto de Manaus pela primeira vez no ano. Voltado para pessoas jurídicas, o montante arrecadado foi de R$ 660.200,00 (seiscentos e sessenta mil e duzentos reais).

Produtos de informática, maquinários, peças industriais, acessórios de som e de imagem, foram alguns dos bens disputados. Do total de 10 lotes, com valores entre R$ 1.000 e R$ 250.000, apenas dois não foram arrematados.

Composto por 3.040 sacas de poliestireno, o lote três foi arrematado pelo maior valor do certame, R$ 255 mil. O lote cinco, contendo diversos materiais plásticos, foi o que recebeu o menor valor, R$ 2 mil. Os lotes 6 e 10, compostos por maquinários e peças industriais, não foram arrematados.

O resultado alcançado foi positivo, de acordo com Osmar Félix de Carvalho, inspetor da Alfândega do Porto de Manaus. “O leilão de mercadorias apreendidas em operações de fiscalização atingiu nossas expectativas, pois apesar dos dois lotes com os valores mínimos mais elevados não terem sido arrematados, R$ 200 mil e R$ 250 mil, conseguimos ultrapassar o valor mínimo pretendido por todos os lotes que era R$ 600 mil”, afirmou.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.