Lei vai obrigar a presença de policiais nas unidades de saúde

Amazonianarede – Assessoria

Manaus – Para coibir desordens e violências nas unidades públicas de saúde, o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Cidadania da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), deputado estadual Abdala Fraxe (PTN), apresentou hoje projeto de lei que obriga a disponibilidade de policiais militares nesses locais.

A medida é válida para os hospitais, pronto-socorros e Serviços de Pronto Atendimento (SPAs) do Estado. Essas unidades, conforme o projeto, deverão solicitar à Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM) o efetivo necessário para manter a ordem e a segurança nos estabelecimentos.

O parlamentar citou o caso ocorrido no SPA Danilo Corrêa, no bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus, onde um acompanhante agrediu o médico plantonista alegando demora no atendimento. Segundo o deputado, os pacientes que estavam no local atestaram que o agressor estava embriagado e fora de controle.

Conforme o deputado, casos como esse, praticados contra os funcionários e pacientes, ocorrem diariamente nas unidades de saúde. “Essas atitudes ocorrem, em grande parte, porque não há policiamento para reprimir a desordem e garantir a tranquilidade dos servidores e pacientes que já passam por uma condição difícil”, ressaltou. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.