Lavagem de dinheiro é tema palestra nesta quarta-feira (23) na Adua

Amazonianarede – Assessoria

Manaus – Com intuito de alertar a população para a necessidade de combate à lavagem de dinheiro no país, o Movimento Educar para a Cidadania, em parceria com a Associação dos Docentes da Universidade Federal do Amazonas (ADUA), promove nesta quarta-feira (23) mais uma etapa da série de palestras sobre os “Aspectos da Lavagem de Dinheiro no Brasil – Ações em Defesa do Estado e da Sociedade”. O evento ocorrerá no auditório da Adua A (na estrada do ICHL, ao lado da TV Ufam, no Campus Universitário), a partir das 15h.

Neste segundo debate, o tema será facilitado deputados estaduais Luiz Castro (PPS) e Marcelo Ramos (PSB) e do delegado da Polícia Federal Humberto Ramos. “No encontro anterior, o debate foi mais conceitual e proveitoso do ponto de vista didático. Nessa segunda palestra, a nossa expectativa é ter conhecimento a respeito do posicionamento dos parlamentares sobre o assunto e quais mecanismos são ou podem ser usados para combater essa prática”, afirmou o presidente do Instituto Amazônico da Cidadania (IACi) e integrante do Movimento Educar para a Cidadania, Hamilton Leão.

Na primeira palestra, realizada na última quarta-feira (16), o professor da Faculdade de Estudos Sociais da Ufam, Raimundo Nonato Pinheiro, recuperou a origem e a história da lavagem de dinheiro no mundo até chegar aos casos mais conhecidos no Brasil dessa prática ilícita. “O objetivo da lavagem de dinheiro não é o lucro, mas a dissimulação da origem ilícita desses ativos financeiros. Há muita gente especializada em fraudar dinheiro público e nós precisamos reagir com competência”, alertou Pinheiro.

De acordo com Hamilton Leão, ao final da série de debates, a entidade pretende formalizar a criação de uma comissão para estudar o assunto, além de acompanhar e denunciar os casos referentes à lavagem de dinheiro no Amazonas. 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.